Seguidores

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Trekking: do São Francisco à Cruz do Monte Parte I

Mais uma vez embrenhamos pelas trilhas de Pitangui. Desta vez eu e Dênio tivemos a agradável companhia do Léo Morato, que fugiu uns dias de Brasília para revigorar as energias por aqui. De improviso fomos até ao campo do São Francisco, no lado leste da cidade, para acessar uma trilha que nos levaria até à Cruz do Monte mais ao norte. Eram 16:35 h. quando entramos na trilha. Na entrada do campo uma foto com as crianças me fez lembrar o "Clube da Esquina".

Em pé (a partir da esquerda, Dênio, Licínio)
e sentado Léo Morato.


Na entrada da trilha uma senhora nos alertou do perigo de encontrarmos cobras pelo caminho, o que não diminuiu nosso ímpeto. Como diríam os Novos Baianos: "Cai na estrada, perigas ver".

Ao fundo, nosso destino: a Cruz do Monte
Foto: Léo Morato

Licínio e Dênio - Foto: Léo Morato


E lá fomos nós, serra acima,maravilhados com a paisagem que se revelava, dali, realmente tínhamos um outro olhar da cidade.

Início da trilha: o campo do São Francisco e ao fundo a cidade.
Foto: Léo Morato

Pé daqui, pé dalí, íamos andando. Em certo momento pensamos estar seguindo em direção oposta ao nosso destino. Seguir ou não seguir em frente? Sem essa de desistir,né?
Mais acima uma cerca e outra trilha, e lá fomos nós.


Encontramos uns companheiros cavalgando no alto da serra
Foto: Léo Morato

Um muro de pedras.
Seria uma construção do tempo dos escravos?
Foto: Léo Morato


Após encontrarmos um longo muro de pedras sobre a serra, continuamos nossa caminhada. A cada momento uma nova conversa, novas descobertas.

Um ninho de ave suspenso em um galho.
Foto: Léo Morato

Uma pausa para mais uma foto e um ligeiro descanso.


Estamos quase chegando
Foto: Léo Morato

Chegamos!
Foto: Léo Morato

Depois de 1 hora de caminhada chegamos ao alto da Serra da Cruz do Monte
A continuação desta caminhada fica para uma próxima postagem que rolará em breve.

8 comentários:

  1. A caminhada foi show de bola, Licínio. Saúde pro corpo e pra mente! Vou aguardar a parte II. Até breve.

    ResponderExcluir
  2. Pois é Léo,
    eu também curti muito esta caminha,a parte II será postada em breve só estou aguardando algumas informações para o texto da postagem.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Licínio e Cia.,
    Parabéns pela disposição e pelas belas imagens registradas durante esta caminhada.
    Na próxima vez em que vocês se aventurarem pela Serra da Cruz do Monte, descansem um pouco, respirem fundo e andem mais um pouquinho até chegar ao meu sítio. Lá vocês verão outras muitas belas imagens: muito verde, um córrego de águas claras e até, quem sabe, saborear uma dose (pequena) da Barcelona...

    Um abraço.
    Edilma.

    ResponderExcluir
  4. Oi Edilma,
    em nome dos demais agradeço ao convite, a descrição do cenário já me animou.Quanto ao aperitivo...rsrsrs...deve ser apreciado em doses bem pequenas mesmo para não perdermos o rumo de casa...rsrsrs...Um dia desses faremos uma visita a você e Batista.
    Abração.

    ResponderExcluir
  5. Caminhar é preciso,
    viver tb é!!! Inspiração.


    p.s.sugestão: no runmap.net vcs podem colocar essa trilha/caminho

    ResponderExcluir
  6. Falou tudo, meu caro.Estamos "desbravando" algumas trilhas no entorno da cidade, tem sido uma aventura muito estimulante e realmente inspiradora.
    Obrigado pela sugestão, acessarei o runmap.
    A gente vai se falando.
    Abração.

    ResponderExcluir
  7. quando vou a pitangui, na hora de ir embora, ja começo a fazer contagen recreciva para o proximo feriado.....ô saudade de pitangui

    ResponderExcluir
  8. São as raízes, meu caro, que falam mais alto.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.