Seguidores

segunda-feira, 1 de março de 2010

Restauração do casario histórico

Foto: Licínio Filho

Foto: Licínio Filho


Atualmente, vem ocorrendo em Pitangui uma importante valorização do patrimônio histórico que passa por um processo de tombamento. Por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Pitangui e o IEPHA - Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artistico, foi realizada em maio de 2009 uma oficina de restauração, ensinando técnicas de construção para manter as características originais dos imóveis.



A casa restaurada. Fotos: Léo Morato

Restaurar e cuidar do patrimînio histórico cultural é manter viva a memória de um povo, de um lugar. Nós apoiamos essas iniciativas de valorização das tradições de Pitangui. No dia 11 de fevereiro de 2010 falamos aqui no blog sobre a Restauração da Santa Casa e divulgamos um texto interessante sobre a importância de se preservar os bens culturais. Acesse e confira.

10 comentários:

  1. Todas as iniciativas volatadas à preservação do patrimônio histórico de Pitangui merecem louvor.
    A comunidade deve valorizar e prestigiar estas iniciativas, pois, além do aspecto histórico não podmos ignorar a importância para a economia local via turismo.
    Bela postagem ,Léo.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo Licínio e se cada um fizer um pouco os resultados serão enormes. O turista quando viaja, procura algo diferente do seu cotidiano e Pitangui ainda tem muito a mostrar, é só organizar esse potencial. Valeu pelas fotos!

    ResponderExcluir
  3. Excelente iniciativa dos orgãos públicos, só acho que na medida que estes imóveis fossem recuperados (públicos ou privados) deveria haver uma celebração no dia da reinauguração com direito a banda de música e tudo mais, de maneira a sensibilizar e chamar a atenção do público para a nbecessidade de preservarmos o patrimônio da cidade. Vandeir

    ResponderExcluir
  4. Concordo Dênio! Esse trabalho de restauração é muito importante para Pitangui. Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Apoiado vandeir!!!! Iniciativas assim merecem todo o destaque. E evento é o que a cidade precisa para fomentar o turismo. Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Fico muito feliz que este casarão esteja mesmo sendo restaurado.
    Há tempos estive aí fazendo pesquisas e morri de pena ao ver um prédio tão bonito caindo aos pedaços.
    Escrevi um livro histórico da região do Centro-Oeste: História de São Gonçalo do Pará e fiz várias pesquisas por aí. Moro em Divinópolis.

    Abraços.
    Manoel

    ResponderExcluir
  7. Olá Manuel,
    seja bem vinso ao blog. A recuperação do casario histórico em Pitangui alimenta a esperança de vermos o turismo tomar força na cidade.
    Gostaria de conhecer esta obra escrita por você. Como faço para adquirir um exemplar?
    Gostei muito de seu blog, vou criar um link dele por aqui.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns. Mesmo quem não é de Pitangui como eu, que sou patense, sente uma saudade e uma nostalgia através dessas belíssimas imagens do glorioso passado desses 300 anos de História. Muitas histórias. Talvez porque parte da genética de minha cidade esteja aí,nessa antiga “Villa D’Ouro”. Estive em Pitangui na década de 70. Quero retornar!
    José Eduardo de Oliveira - Patos de Minas - MG

    ResponderExcluir
  9. Olá José Eduardo,
    seja bem vindo ao blog.
    há em Pitangui um grande esforço para se recuperar o que resta do patrimônio histórico arquitetônico da cidade.
    Estamos prestes a completar 300 anos e seria muito bom ver a história da cidade valorizada.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.