Seguidores

sábado, 10 de abril de 2010

2ª etapa da exploração das Minas de Onça de Pitangui

Erich Hanke, Sebastião, Henrique Hanke, José Antônio e Vandeir Santos na boca da mina do José Nilson.


No último dia 04, nosso amigo e colaborador do blog,Vandeir Santos, promoveu a segunda etapa das exploração das minas de Onça de Pitangui. Desta vez ele contou com a presenç de Erich Hanke, seu filho Henrique Hanke, de José Antônio, e ainda na fase final, contaram com a ajuda do guia Sebastião que os levou até as minas localizadas no terreno do Sr. José Nilson.



Galeria principal da mina do José Nilson.


Vandeir também voltou à mina no terreno do Sr. José de Abreu, onde foram exploradas novas galerias, incluse com a descoberta de uma nova galeria (vertical) não identificada na primeira expedição exploratória. A falta de material de segurança mais adequado não permitiu uma exploração melhor nesta etapa o que forçou pensar em uma nova expedição.


Henrique Hanke, Vandeir Santos e Erich Hanke no salão da mina do José de Abreu.


Boca da mina do José Nilson



A mina no terreno do Sr. José Nilson fica a direita da entrada da cidade de Onça do Pitangui. Segundo consta, neste terreno havia mais de uma dezena de minas, sendo uma delas considerada a amior da região (hoje tampada). Infelizmente, a prática da pecuária frz com que a maioria destas minastiveram suas bocas fechadas por tratores. Esta última mina apresenta uma galeria principal com formato mais retangular, uniforme e com derivações bem curtas. A presença de fezes de animais indica que o local é frequentado possivelmente por lobos ou raposas.



José Antônio explorando o início daa galeria vertical - mina do José de Abreu.


Segundo o guia Sebastião, que acompanhou a expedição na segunda fase do dia, existem outras minas na região, porém menos profundas e não tão interessantes como as duas que foram visitadas no dia 04 de abril. De acordo com Sebastião, naquela depressão existente ao lado da igreja (centro da cidade) há uma mina.
Estamos agendando uma 3ª expedição para continuarmos explorando a galeria vertical e também o poço de 13 metros na mina do José de Abreu.


Poço do salão da mina do José de Abreu - 13 metros de profundidade.

Se algum aventureiro, maior de idade se animar a participar da terceira expedição é só fazer contato com o Vandeir Santos. Aguém se habilita?

FOTOS E TEXTOS DE VANDEIR SANTOS.

6 comentários:

  1. O Vandeir vem fazendo um belo trabalho documental a respeito das minas no nosso entorno. Valeu parceiro por mais essa dica !!

    ResponderExcluir
  2. Dênio,
    nosso caro "Indiana Jones" nos revela sempre uma nova surpresa.

    ResponderExcluir
  3. Bela postagem Licínio! Parabéns ao Vandeir e equipe por mais essa aventura, comprovando quanta riqueza histórica tem a nossa região. Olha o turismo aí gente!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Vandeir por mais esta conquista e pelo interesse em expor isto às pessoas que desconhecem estes lugares.
    Abração!!!
    Simone Hanke!

    ResponderExcluir
  5. Olá Vandeir, tudo bem???....eu gostaria muito de participar dessa expedição....moro em Paracatu......mas minha irmã mora em pitangui.....meu cunhado trabalha na onda fm.....tem um programa aos domingos.....roda de amigos vc conhece????.....o nome dele é Wanildo Silva......como faço para integrar-me a expedição???? aguardo resposta.....desde já agradeço a atenção. Warley Garcia

    ResponderExcluir
  6. Olá Warley,

    Eu também não resido em Pitangui e sim em Contagem onde nasci, mas minha família toda é lá. Quando for até a cidade me comunique, caso não seja possível a ida a fazenda do José de Abreu (tem de ser agendada) eu te levo para conhecer as que estão próximas ao centro da cidade, são várias. Estou indo nestes dois próximos fins de semana.
    Será um prazer. Um abraço,
    Vandeir (vandeir.santos@yahoo.com.br)

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.