Seguidores

terça-feira, 27 de abril de 2010

Na beira do rio


Rio Pará.


Aqui estamos nós de novo. Nesse fim de semana, fizemos algo diferente . Para relaxar um pouco fomos curtir o racho do Rodrigo (Quatri Comunicações), na região do Velho da Taipa, onde a recepção e a acolhida foram de primeira. Pena que o parceiro Licínio não pôde comparecer, porque estava cuidando do filhote.


A antiga Estação Ferroviária Velho da Taipa.

Parece que está sendo restaurada.


Essa "cultura ribeirinha" é um hábito pitanguiense de desfrutar a beleza e o sossego do nosso Rio Pará, onde a natureza está mais perto.

Os coqueiros do caminho.


O bate-papo no fim de tarde.

No preparo do caldo de feijão.

Para sair da rotina, as famílias, os grupos de amigos e os visitantes costumam passar o fim de semana do rancho, intensificando as amizades, descansando, pescando e apreciando a comida mineira, o churrasco de improviso e o tradicional peixe frito (com limão e uma cervejinha gelada).


Tá servido?!


A vegetação ribeirinha.
Fotos: Léo Morato.

O nosso rio é um patrimônio natural do município e apresenta um grande potencial turístico a ser trabalhado. Para quem não conhece a região, fica aqui a nossa dica de hoje.
E não esqueça de levar o lixo de volta, pois as latas de alumínio, plásticos e dejetos diversos poluem o rio, matam os peixes e alteram os hábitos alimentares dos animais. Faça a sua parte e aproveite a natureza!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.