Seguidores

terça-feira, 6 de abril de 2010

Projeto que regulamenta a profissão de historiador é aprovado no CAS

A Comissão de assuntos Sociais do Senado (CAS) aprovou, no último dia 10 de março 0 PLS 368/09, projeto de lei que regulamenta a profissão de historiador.O relator do projeto é o senador Paulo Paim (PT/RS). O texto foi votado em decisão terminativa. Segundo notícia divulgada pela Agência Senado:
"O projeto define que a profissão de historiador poderá ser exercida pelos diplomados em curso superior de graduação, mestrado ou doutorado em história. As atividades deste profissional são, de acordo com o projeto, o magistério, a organização de informações para publicações; exposições e eventos sobre temas históricos; o planejamento, a organização, a implantação a a direção de serviços de pesquisa histórica; o acessoramento para avaliação e seleção de documentos para fins de preservação; e a elaboração de pareceres, relatórios, planos, projetos, laudos e trabalhos sobre temas históricos."
Durante a votação, o relator da matéria, senador Cristovam Buarque, afirmou:
"Esse projeto não impede a atividade de historiador por aqueles que o fazem por vontade própria ou vocação; apenas garante para os respectivos cargos públicos a exigência do diploma de historiador."
O senador Cristovam Buarque, em seu voto, observou que, atualmente, a atividade de historiador não está mais restrita à sala de aula e que a presença deste profissional é cada vez mais requisitada pelos centros cultrais, museus,, assessoria e consultorias a empresas de publicidade, turismo e produtores de cinema, jornalismo e televisão. Por esse motivo, o relator se manifestafavoravelmente a que a profissão seja valorizada e reconhecida legalmenter.
Ainda segunda a Agência Senado, também foram aprovados pelo CAS as quatro emendas da Câmara ao projeto de lei que regulamenta a profissão de turismólogo. Essa proposta ( que agora tramita no Senado como ECD 290/01) foi apresentada em 2001 pelo então senador Moreira Mendes. O relatordas emendas na CAS foi o senador Geraldo Mesquita Júnior (PMDB/AC).

3 comentários:

  1. Essa é uma Notícia importante Licínio! A regulamentação e a valorização das nossas profissões/áreas de formação é de grande fundamental. Nada substitui o conhecimento técnico e científico adquiridos por meio da formação acadêmica. A visão e o trabalho desses profissionais da área de humanas, é fundamental para a afirmação da identidade social de um povo.

    ResponderExcluir
  2. Léo,
    Apesar de ser apenas uma das etapas do processo vejo com muito otimismo a aprovação definiiva deste projeto e que a lei entre em vigor o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  3. Concordo professor! Fica registrado o meu apoio, nesta e em outras mídias e espaços favoráveis à regulamentação da profissão...
    Ps. desconsiderar a palavra "grande" que está fora do contexto no primeiro comentário.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.