Seguidores

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Alvorada


Saída da Estação Cultural. Fotos Leonardo Morato.

Alvorada, s. f. Crepúsculo matutino; toque militar nos quartéis às primeiras horas do dia; canto das aves ao amanhecer.



Adro da Matriz.

Todo ano, no dia 9 de junho, aniversário da emancipação política e administrativa de Pitangui, acontece a Alvorada, a partir das 5 horas da manhã. Essa tradição pitanguiense é o ato de percorrer as ruas, os locais tradicionais e alguns pontos turísticos nos “quatro cantos” da cidade, ao som da Lira Musical Viriato Bahia Mascarenhas. Neste ano, aos 295 anos de Pitangui, tivemos a alegria de presenciar e registrar o evento.











Praça dos Bandeirantes.

Não obtivemos informações sobre a data exata do início desta festa, mas segundo informações (não oficiais) a Alvorada começou a ser realizada quando o dia 9 de junho passou a ser feriado municipal, instituído pela lei nº 558 de 1972. Já a Banda de Música (principal atração da Alvorada) é mais antiga, conforme fotografia datada em 1946.





O alvorecer no Lavrado.



Igreja do bairro Chapadão.

É uma pena que pouca gente compareceu a Alvorada deste ano, talvez pelo horário de início do evento, ou pelo fato de não conhecer beleza deste acontecimento. No ano que vem tem mais e acompanhar a Alvorada é como conhecer Pitangui pela 1ª vez. Parabéns à Lira Musical por essa grande apresentação. Parabéns Pitangui!!!




Bairro JK. Uma das mais belas vistas da cidade.

Trajeto da Alvorada em 9/6/10: Estação Cultural, Igreja Matriz, casa do prefeito Evandro, Igreja de São Francisco, Asilo, Praça Antônio Fiúza, Praça dos Bandeirantes (Penha), alto do Lavrado, bairro Chapadão, Igreja de São Sebastião (Chapadão), Praça próxima ao posto do Lídio, Bairro JK, Alto da rua Antero Rocha, Igreja de Bom Jesus.


Lira Musical Viriato Bahia.

6 comentários:

  1. Oi Léo...
    não consegui levantar...rsrsrs... e acabei não comparecendo. Parabéns pela postagem.

    ResponderExcluir
  2. O Léo e seu clic !!!
    Obrigado pela postagem !!!!

    ResponderExcluir
  3. É isso mesmo, tudo certo! Uma mão lava a outra, rss!!! Foi uma experiência única, meus amigos (depois mostro as outras fotos). Ó, amanhã não pode ter furo heim... Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Léo,
    belo registro, belíssimas imagens, como sempre!
    Suas fotos me fizeram recordar a infância na "rua da fábrica", quando acordávamos de madrugadinha e íamos para o alpendre de casa enrolados em cobertores para assistir à apresentação da "banda de música", como dizia meu pai! Que saudades!!!

    Parabéns pela postagem!

    Um abraço.

    Edilma Aguiar.

    ResponderExcluir
  5. Oi Edilma, obrigado pelo incentivo ao nosso trabalho. Que bom que a postagem lhe trouxe boas lembranças! Para mim, a experiência de seguir a alvorada, foi excelente.Isso é Pitangui na essência. Até a próxima.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a alvorada pitanguiense.Achei lindo a criançada acordada logo de manhã para assistir a banda.Álvaro.21-07-11.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.