Seguidores

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Dica de leitura: "Pepitas de Pitangui"

Mais uma bela dica de leitura para quem quer conhecer um pouco mais sobre a história de Pitangui. Desta vez apresentamos o livro "Pepitas de Pitangui" de Raimundo Quildário dos Santos, lançado em 2006. Nesta obra Quildário resgata acontecimentos, personagens e lugares de Pitangui. O autor apresenta uma série de acontecimentos, dos mais marcantes aos mais pitorescos. A linguagem, às vezes coloquial, não tira o valor do livro como fonte de consulta para todos que buscam conhecer ou relembrar acontecimentos da história recente da cidade.
Esta postagem também é uma forma de homenagear o autor, já falecido, e preservar a lembrança de sua dedicação em registrar a história de Pitangui. Como de costume escolhemos uma passagem dos livros de seção para ilustrarmos o trabalho do autor. No caso de "Pepitas de Pitangui" escolhi um poema, de autoria de Quildário, que demonstra seu amor pela cidade, mas também sua preocupação com o futuro do patrimônio histórico aqui existente.






Pitanguy


Pitanguy cheia de graça

Te adoro e sei porque

Quanto mais o tempo passa

Mais eu gosto de você!


Estes teus campos floridos

Tuas serras altaneiras

Os teus filhos tão garridos

Deixam marcas nas ladeiras!


Os teus lindos casarões

Sobradões senhoriais

Vão vencendo as estações

Vão transpondo os anais!

Mas, alguns sem corações

A eles dão tristes finais!





DOS SANTOS, Raimundo Quildário. Pepitas de Pitangui. Gráfica Ideal. Pitangui:2006

2 comentários:

  1. Justa homenagem ao "tio" Quildário, um pitanguiense que valorizava a nossa terra!

    ResponderExcluir
  2. Os registros de Quildário são verdadeiras pepitas da história recente de Pitangui.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.