Seguidores

sábado, 7 de agosto de 2010

Largo do São Francisco

Dentro do centro histórico de Pitangui, uma das áreas onde a revitalização do patrimônio arquitetônico já transforma a paisagem urbana é o Largo do São Francisco, onde, além das obras de recuperação da Igreja que dá nome ao lugar, o casario no entorno da mesma também passou por obras de recuperação.


Os proprietários de imóveis da região investiram na recuperação do casario tornando o espaço mais bonito, como também oferecendo mais conforto aos moradores dos mesmos.

A Escola Estadual Francisca Botelho também passou por reformas, que além de preservar o prédio, oferece um ambiente mais agradável aos alunos e funcionários daquele estabelecimento de ensino.


A tão esperada recuperação da Igreja de São Francisco está em andamento, e já podemos ver a recuperação do telhado e das paredes do templo. As obras estão sendo feitas através do IEPHA (Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais).



Além do resgate deste monumento, fundamental na construção da identidade cultural pitanguiense, o entorno poderá ser revitalizado, ganhando novos usos voltados a alavancar o turismo na cidade.


A valorização do patrimônio histórico cultural é necessário não só pelo aspecto econômico ancorado pelo turismo, mas também para que não se percam as raízes que dão sentido à identidade do povo com o lugar. Despertar esta consciência é um processo de longo prazo, pois requer o desenvolvimento de projetos voltados à educação patrimonial que alcancem a população.
Como educador já desenvolvo projetos neste sentido, que em breve terei a oportunidade de apresenta-los neste espaço.


O blog "Daqui de Pitangui", desde o início está comprometido com as iniciativas voltadas a colocar Pitangui em um lugar de destaque no cenário nacional, pois suas origens históricas compõem também o marco fundador da ocupação das Minas Gerais.

Fotos desta postagem: Licínio Filho

4 comentários:

  1. Excelente abordagem professor! É bom ver o nosso centro histórico vivo de novo. Também concordo com você: o turismo é uma "industria limpa" e pode ser perfeitamente desenvolvido em Pitangui. Mas os nossos prédios históricos, acima de tudo, são um testemunho dos procesos históricos, dos hábitos, costumes, e tradições do nosso povo! Quero saber mais sobre esse projeto de Educação Patrimonial. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Léo,
    falaremos sobre o projeto em um outro momento, pois eu ainda estou desenvolvendo o mesmo junto aos meus alunos.
    A revitalização do centro histórico de Pitangui é um salto importante para alavancar o turismo na cidade. além de preservar a memória do lugar, como salientei na postagem.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Belo trabalho!Parabéns pela iniciativa em apoiar a restauração e a revitalização de Pitangui.Iniciativas como essa valorizam o patrimônio cultural e incentivam o turismo, novos usos e também uma interação maior com a comunidade local.

    ResponderExcluir
  4. Olá Eder,
    seja bem-vindo ao blog. A ideia de nosso blog é justamente esta, divulgar e apoiar ações como asmostradas nesta postagem.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.