Seguidores

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

"Nossa gente e seus causos"

Semana comemorativa do primeiro aniversário do blog


Toda cidade do interior tem seus "causos", que descrevem fatos pitorescos, narrativas do cotidiano envolvendo personagens, conhecidas ou não, em situações, na maioria das vezes trigicômicas. Marcos Antônio de Farias procurou reunir em seu livro "Nossa gente e seus causos", editado em 2000, alguns destes causos, que segundo o autor, se passaram em Pitangui. Os causos, essas pequenas histórias inventadas, nos divertem nas rodas de bate-papo entre amigos, e, muitas vezes, se perpetuam no imaginário coletivo.
Para ilustrar o universo dos causos de Marco Antônio de Faria, reproduzo abaixo o causo "A Novilha".

A NOVILHA

Bons tempos os da "Maria Fumaça", sacolejando nos trilhos, o cheiro de lenha em combustão entrando pelas janelas dos vagões, em grandes nuvens de fumaça esbranquiçada. Nosso município era muito extenso há quarenta anos atrás.

A bitolinha, como também era chamada, para chegar à cidade fazia o seguinte trajeto: passava pela Barra do Funchal, atravessava o rio São Francisco no local denominado "Paredão", o Rio Lambari, saindo em Engenheiro Bordeuax, Velho do Taipa, até chegar em Pitangui.

Voltava passando por Velho do Taipa, Conceição do Pará, Estação do Saco, Estação do Cercado, Divinópolis, seguindo seu intinerário até São João Del Rey.

Em cada uma dessas localidades existia uma estação da Rede Ferroviária, que era ponto de embarque e desembarque de passageiros.

Eram mascates, comerciantes, fazendeiros e os mais variados tipos de pessoas que utilizavam o único meio de transporte disponível, deslocando-se para outras praças, para vender e comprar mercadorias.

Em certa ocasião, a Bitolinha, saiu completamente lotada da estação de Pitangui. Ao chegar perto da barragem da Usina Hidroelétrica de Bento Lopes, atropelou uma novilha que passeava tranquilamente nos trilhos, descarrilhando a locomotiva.

Confusão total. Os passageiros sendo jogados uns contra os outros, na freiada brusca. O maquinista desceu nervoso. Horário era horário. Não podia atrasar. Acontecimento lamentável e imprevisto.

Os passageiros, impacientes e desesperados com o acontecido, que atrasaria em muito a viagem, por si só bastante lenta, comentavam o acontecido em grupinhos.

Foi quando a Dona Maria, abriu, tranquila o portão do curral à margem da ferrovia, indo até o local do acidente.

Começou a fazer perguntas, conversando com um e outro, querendo saber detalhes.

O maquinista, vermelho de raiva ante a presença da importuna intrusa, não se conteve:

_ Minha senhora! Já estamos com muitos problemas e a senhora ainda vem dar palpites? Quem pensa que é ?

_ Eu sou a dona da vítima.

Fonte:

FARIA, Marcos Antôniode. Nossa gente e seus causos, v.I.1ª edição, Matiz, Divinópolis:2000.

10 comentários:

  1. Pitangui e seus causos !!!!
    O Marco Antônio possui um grande acervo a respeito de Pitangui, além de ser um estudioso da nossa história. Com certeza outras postagens virão a respeito dele.
    Belo garimpo Professor

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo primeiro ano de existência do blog. Continuem assim levando a todos informações preciosos de nossa querida Pitangui.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo 1º e brilhante ano de existência do Blog Daqui de Pitangui.
    Iniciativas como esta contribuem sobremaneira para recolocarmos mais rapidamente a nossa cidade no seu devido lugar.

    ResponderExcluir
  4. Pois é Dênio,
    o Marcos Antônio tem uma história que merece uma postagem aqui no blog. Quem sabe você não se encarrega desta tarefa? Vamos aguardar.

    ResponderExcluir
  5. Olá Giovanni,
    estamos muito felizes em poder compartilhar com todos os nossos visitantes um pouco da história da cidade, que buscamos resgatar através de nossas pesquisas e também com a colaboração de muitas pessoas que nos encaminham material.
    Em nome dos demais parceiros do blog, agradeço o reconhecimento.
    Um fraterno abraço.

    ResponderExcluir
  6. Prezado Prefeito Evandro,
    nos honra muito a sua visita às páginas do "Daqui de Pitangui". Neste primeiro ano de existência conseguimos reunir um número considerável de informações sobre a cidade de Pitangui, algumas delas desconhecidas dos próprios filhos da cidade, que fizeram com que muitos manifestassem através de comentários o orgulho de ser pitanguiense.
    Diante de tais manifestações,percebemos a responsabilidade de nosso trabalho, que preenche uma lacuna, no que diz respeito ao resgate da memória do município. O blog também se tornou um veículo fundamental para a divulgação de Pitangui mundo afora.
    Compartilhamos do pensamento do exlmo. prefeito, a união de esforços fará com que Pitangui tenha mais visibilidade e se torne mais próspera. Neste sentido, gostaria de parabenizá-lo pelos esforços em recuperar o centro histórico da cidade,que tem sido registrado por nós em nossas postagens.
    O blog estará sempre de portas abertas.
    Um cordial abraço.

    ResponderExcluir
  7. Só a união das forças fará com que Pitangui volte a brilhar e volte também a trilhar os caminhos que a levarão ao seu lugar de direito na história. Como já havíamos comentado aqui, a nossa bandeira, a bandeira do BLOG, é a bandeira PITANGUIENSE, fazemos questão de hasteá-la ao vento, à chuva, ao sol, até na mesmo à escuridão. E onde vamos, ela está a nos acompanhar. Muito nos honra a visita do prefeito Evandro e quero também dizer que tudo que precisarem para elevar o nome PITANGUI, pode contar comigo e com meus companheiros.

    ResponderExcluir
  8. Ficamos lisonjeados com as palavras do Sr. Prefeito Evandro Mendes e do amigo Giovanni (Ass. de Comunicação da Prefeitura), quanto ao trabalho do BLOG. A nossa causa chama-se PITANGUI!!! E esse reconhecimento credibiliza as nossas ações e nos incentiva a embrenhar cada vez mais na pesquisa histórica, na busca de talentos pitanguienses e a divulgar cada beleza dessa amada terra. São louváveis as iniciativas da atual Administração, na recuperação do nosso patrimônio arquitetônico e cultural. Cada um de nós tem um dom, um tijolo a ser colocado na construção de uma cidade perfeita para se viver e visitar.

    ResponderExcluir
  9. Pessoal, lendo os comentários, me lembrei de uma coisa que me ocorreu na escola e da qual me recordo com satisfação. No comentário do Dênio, ele menciona que a bandeira do blog é a bandeira Pitanguiense. E por falar em bandeira, a aula da qual me recordo foi justamente sobre a bandeira e nesta aula aprendemos sobre cada item da bandeira de pitangui e seu significado, os símbolos das riquezas da cidade. Eu me lembro da bandeira, mas já não lembro tanto dos pequenos símbolos nela contidos e creio que muito pouca gente da cidade conhece a bandeira e fica aqui uma sugestão de matéria sobre a nossa bandeira, a Bandeira de Pitangui e todo seu significado. Grande abraço aos três brilhantes empreendedores do blog. Fábio

    ResponderExcluir
  10. Prezado Fábio, seus comentários sempre agregam conteúdo às nossas postagens. Obrigado pela dica, vamos procurar informações. Mas se você as encontrar primeiro, manda pra gente que te daremos os créditos do post. Valeu!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.