Seguidores

sábado, 18 de setembro de 2010

William Santiago EmQuatro - recital poético


Apresentamos nesta postagem mais uma obra de William Santiago, "EmQuatro - recital poético", publicado em 1985. O livro reúne poesias de quatro autores, que então residiam em Brasília, Bilau Pereira, Nevinho Alarcão, Rosane Reis e William Santiago.Na "orelha" do livro Valéria Barros define bem o momento vivido por aqueles poetas:
" O livro EmQuatro é uma coletânea de poesias de quatro autores de Brasília, que tentam, através de uma experiência nova, mostrar o sentir, o viver e o ser 'artesão da palavra'."
Apresentaremos abaixo uma poesia de cada autor, extraidas de "EmQuatro - recital poético":
AMANHÃ
Amanhecer
Amanhã é
Amanhã ser
Amanhã será
Amanhacerá sol
A manhã sara a dor
Amanhã serei sã
Amanhã só o amor
A manhã há
Amanhacerá
Amanhã será
Amanhã hei
Bilau Pereira
A QUEDA
( Ao Poeta William Santiago)
Voei
E como voei
Caí.
E pássaro, quero voar.
Não como pardal, (voo frágil);
Como urubu não:
Voa, roda e desce à morte;
Gavião, como não!
Quero voar um voo frágil e forte;
Quero voar um pássaro
Antes do verbo e frase
Um voo que entenda a existência
Da pena
E da ave.
Nevinho Alarcão
BALANÇO
Olhos baixos
Andar vagaroso
Sem destino
Uma lágrima cai no chão
Escorregando dos olhos perdidos
Cansados de procurar
O coração vazio
A ninguém quer
A alma está solta ao vento
E folha seca balança
Sem saber em que triste
Pedaço de chão morrerá.
Rosane Reis
FOTÓGRAFOS
Pai nosso
que estais no sol
dai-nos todo dia
a luz que alumia
e a escuridão do laboratório
o dinheiro do equipamento
e os meios de nossa alquimia
o acaso a sorte pura
e a ciência do olho de peixe
a par da tocaia da onça
à espreita
da presa
da hora
do clic certeiro
que não mata
imortaliza
e no vestibular do paraíso
tende tolerância conosco
se achais que é muito pouco
toda uma vida a congelar instantes
William Santiago
Esta postagem só foi possível graças à colaboração de Edilma Aguiar, que nos emprestou o seu exemplar do "Em Quatro - recital poético".

6 comentários:

  1. Que bacana Licínio, eu não conheço esta obra. No poema o William retratou bem o "olhar" de quem gosta de fotografia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Léo,
    esta é mais uma pérola que Edilma Aguiar nos presenteou.

    ResponderExcluir
  3. Oi Licínio,

    Belíssimas escolhas!!! Fiquei emocionada!!
    Parabéns!!

    Abraço.

    Edilma.

    ResponderExcluir
  4. Oi Edilma,
    foi difícil escolher os poemas, estes me tocaram mais. Obrigado por nos disponibilizar este raro livro de poemas.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Olá Licinio,
    É bom ver nas páginas do blog, daqui de pitangui, essa agradável coletânia de poesias.
    Gostei muito das poesias: AMANHÃ e FOTÓGRAFOS.
    Um abraço,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  6. Oi Dalinha,
    também buscamos divulgar os poetas da terra, no caso desta postagem, William Santiago, que viveu em Brasília na década de 1980. Apoveitamos para publicar os demais poetas que participaram do Em Quatro,que também são muito talentosos.
    Abraço

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.