Seguidores

sábado, 2 de outubro de 2010

Programa Peixoto JR. (2ª parte)

Zé Luiz Peixoto

Boa tarde! Está no ar pontualmente as 13 horas, aqui no blog, a 2ª parte da história do Programa Peixoto Jr. Para quem não teve a oportunidade de acompanhar, o Programa surgiu da parceria entre os amigos Cezar Caldas e Zé Luiz Peixoto, permaneceu no ar por 13 anos e foi um dos precursores do Rádio em Pitangui.
Leiam a primeira parte, acessando os Marcadores de postagem (Programa Peixoto Jr.), no menu à direita.

**********

CONTINUAÇÃO
(Por Zé Luiz Peixoto)

"Foi difícil e traumática a fase inicial de estruturação da rádio em Pitangui, enfrentamos sérios problemas com a Polícia Federal, que vinha esporadicamente nos visitar e lacrava nossos equipamentos, a gente ficava poucas horas fora do ar, a conta exata de substituí-lo pelo equipamento reserva e nessa luta íamos corajosamente desafiando a lei em prol de um ideal. Essa luta finalmente cessou por um certo período, graças ao trabalho grande e saudoso pitanguiense, Herivelton Máximo Pereira, presidente da associação e grande incentivador deste projeto. Ele conseguiu uma liminar judicial, que nos permitiu trabalhar sossegados por um bom tempo, até ser cassada pelo órgão fiscalizador. Depois da semente lançada e de todos os percalços, finalmente, a idéia de se ter uma emissora rádio se consolidou definitivamente em Pitangui com a 105 FM dando lugar a Rádio Liberdade FM, devidamente legalizada e assim a paz se estabeleceu definitivamente no setor. Com o advento da Liberdade FM, fomos convidados pela direção para apresentarmos o Programa Peixoto Júnior na nova emissora e posteriormente na ONDA FM, onde permanecemos por um bom tempo. De repente o parceirinho Cezar precisou se ausentar para cuidar da saúde. Eu não conseguia imaginar fazer o Programa sem a presença física dele, a parceria era fundamental para a permanência do nosso Programa no ar. Passados alguns dias, com o parceirinho já totalmente restabelecido e pronto para continuar a luta, nos reunimos para algumas reflexões sobre a volta ou não do Peixoto Júnior. Depois de muitas ponderações, chegamos finalmente a seguinte conclusão: Continuarmos com a sexta feira liberada e com o sábado em total comprometimento com o nada, estava sendo muito gostoso e salutar; e assim decidimos pelo fim do Programa Peixoto Júnior. Foi uma decisão difícil e muito doída, acreditem"!!!

"Modéstia a parte, acho que um Programa de Rádio com o perfil do “Programa Peixoto Junior” faz muita falta à cidade e a sua população. Na nossa avaliação o rádio não é só para tocar música, dizer as horas, mandar beijos e abraços, rádio precisa ir um pouco além do básico, rádio precisa ter opinião, precisa ter alguém com coragem e em condições pra dizer as verdades doa a quem doer na hora certa e na medida exata. Sempre entendemos que o rádio é um instrumento da maior importância na construção de uma democracia, que deve estar sempre a serviço de uma cidade... de seu povo...de uma nação. Uma pena! Mas foi bom enquanto durou! A história é mais ou menos essa! Continuou amando o rádio e com muitas saudades de todos que nos curtiram, mas não dá mais, o encanto acabou"!

PESSOAS QUE PASSARAM PELO PROGRAMA:

"Durante 1 ano tivemos a participação do Juca do Zé Martinho, que contava seus casos, foi um grande sucesso. Em época de eleições entrevistávamos os principais candidatos a Prefeito. Sempre que necessário o Prefeito comparecia para conversar com a população. Apresentávamos semanalmente um relatório completo da reunião da Câmara de Vereadores".

"ENTREVISTAMOS PESSOAS FAMOSAS COMO:

O então Senador Tilden Santiago; Os deputados: João Leite, Antônio Júlio, Roberto Carvalho; Artistas: Renato Teixeira, Juca Chaves, Belchior, Trio Irakitan, Gino(dupla Gino e Geno); Médicos: Rogério Lomas, José Avilmar, Arthur Bernardes; Tanatólogo: Evaldo D’assumpção ( reprisada 3 vezes a pedido de ouvintes); Várias homenagens, dentre elas, colocamos frente a frente por telefone duas grandes referências da nossa intelectualidade: os saudosos - Dr. Tasso Lacerda Machado e seu irmão Dr. José Lacerda. Entrevistamos ainda o tricampeão mundial de Futebol, Wilson da Silva Piazza".

O Cezar sempre foi um incentivador cultural na cidade (muitas vezes nos bastidores). E, como nos conta abaixo, o Zé Luiz Peixoto teve passagem pela Gestão do Município (e também deixou a sua contribuição para a cidade).

"Com muito prazer assumi durante a Administração Municipal 2001/2004, o cargo de redator do Jornal “Município de Pitangui” , sendo posteriormente nomeado Chefe da Divisão de Cultura de Pitangui. Durante os dois anos que estive a frente desta Divisão, procurei consolidar e unir o “Conselho Municipal de Cultura”, dando ao mesmo total e irrestrito apoio. Nessa época se deu inicio a uma política de Preservação do Patrimônio Histórico de Pitangui, até então inexistente. Casas e casarões deixaram de ser derrubados a partir deste trabalho, juntamente com o Conselho Municipal. Realizamos com absoluto sucesso juntamente com o Conselho do Patrimônio Histórico de Pitangui, o projeto “Caminhando e Contando a História de Pitangui”, que teve repercussão nacional através da Rede Globo de Televisão e Globo News".

Aí está uma bela história recente de Pitangui. E, apesar da qualidade dos profissionais do rádio pitanguiense de hoje, o fim do Programa Peixoto Jr. deixou uma lacuna cultural que precisa ser preenchida. Particularmente sou grato aos dois, pelo apoio e espaços concedidos na rádio. Fica aqui registrada a nossa homenagem.


6 comentários:

  1. Reprodução de e-mail recebido.
    "Ficou bacana, amigo! Obrigado pela homenagem ao Programa Peixoto Júnior.
    Que Deus continue iluminando seu talento! Um abraço a toda a equipe vitoriosa deste blog que é um orgulho de todos nós.
    Valéu, abraços".
    Zé Luiz/Cézar Caldas.

    ResponderExcluir
  2. Zé luiz e Cezar,
    esse post representa o nosso reconhecimento ao belo trabalho desenvolvido pelo Programa Peixoto Jr. em prol de Pitangui!
    Em nome da equipe, agradeço pelo honroso elogio. Quem sabe surge uma parceria para futuros trabalhos!?!! Grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Belíssima matéria pessoal. Parabéns pelo trabalho e eu também, como vocês, também sinto muita falta das tardes de sábado quando começava o programa pra ouvir meu pai, o Juca do Zé Martinho, contar os causos na rádio. Grande parte da minha formação cultural veio das músicas que eram tocadas durante o programa e selecionadas pelo bom gosto do César Caldas. A falta do programa hoje é realmente uma lacuna cultural que deve ser preenchida em Pitangui. Grande abraço a todos

    ResponderExcluir
  4. Caro Fábio, seja bem vindo ao blog!! Que bom que compartilhas da nossa opinião. Que tal fazermos um trabalho sobre o Juca, reproduzindo aqui no blog os causos e fatos contados no Programa Peixoto Jr.?!?!
    Estamos a disposição.

    ResponderExcluir
  5. Léo, que ótima iniciativa. Tenho certeza que meu pai iria adorar e desde já quero fazer um convite para nos reunirmos em minha casa você, Lícinio (que foi meu professor) e o amigo Dênio Caldas e quantos mais vocês quiserem convidar. Seria interessante vocês conhecerem os causos e darem umas boas risadas também com o Juca.

    Como não vivo mais em Pitangui, podemos encontrar uma data comum a todos. No natal estarei aí na cidade e ficarei até proximidades do ano novo. Podemos reunir junto com o tio joão (o Jonba) que também tem muitos causos bons, além de podermos ouvir uma boa música lá em casa.

    Não sei se vocês conhecem as músicas do Jonba/William/Rhor. É uma excelente oportunidade para vocês conhecerem e divulgarem também. Ouví-las e escutar causos, além de um bom tira-gosto, é um encontro que vale a pena fazer.

    Vamos combinando.
    Meu email é fmcfreitas@gmail.com

    Será um prazer recebê-los.

    Abraço

    Fábio

    ResponderExcluir
  6. Fala Fábio blz! Me desculpe só vi o seu último comentário hoje. Então, demorô vamos marcar sim. Que tal no carnaval? Enviarei um email pra vc. Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.