Seguidores

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Dr. Alexandre Melo Franco

Defendendo a Tese de Doutorado.
Fotos: Albuns de família.


Nesta seção, Pitanguienses Mundo Afora, procuramos estreitar os lanços com os conterrâneos ausentes que hoje estão nos quatro cantos do Brasil e ou do mundo. Hoje falamos sobre o Alexandre Melo Franco Bahia, nascido em 31/07/1977, filho do sr. Francisco de Paula Bahia e sra. Jesuína Melo Franco Bahia, sobrinho do sr. Jesus Melo Franco (que já foi vice-prefeito em Pitangui) e irmão da Cristiane, da Juliana e do Luciano. Eu tive a oportunidade de estudar com ele da 1ª série (no grupo da D. Zulma) ao 3º ano, no EEMAO. E, diga – se de passagem, o Alexandre sempre foi destaque, nas salas de aula. Então conheçamos um pouco deste pitanguiense, por ele mesmo.


A infância em Pitangui.


"Nasci em Pitangui e lá passei praticamente toda minha infância e adolescência. Estudei nas escolas estaduais da cidade (à época sequer havia particulares). Em 1995, me formei no 2º grau e, então, fiz Vestibular para Direito na UFMG. Graças a Deus passei e me mudei para Belo Horizonte, onde permaneço até hoje. Graduei-me em julho de 2001. No final do ano, fiz prova para o Mestrado em Direito Constitucional da UFMG, defendendo minha Dissertação em 2004. Logo em seguida fiz o concurso para o Doutorado também em Direito Constitucional e, em 2007, defendi minha Tese. Tenho me dedicado à vida acadêmica. Desde 2004 sou Professor Universitário. Atualmente dou aulas, em Belo Horizonte, no Instituto Metodista Isabela Hendrix e na FAMIG e, em Pouso Alegre, na Faculdade de Direito do Sul de Minas, onde estamos atuando na Graduação e no Mestrado.Venho pesquisando e publicando artigos e participações em livros nas áreas de Direitos Fundamentais e da Crise do Judiciário. Em 2009 publiquei minha Tese, pela Editora Juruá".


Alexandre, Juliana e Luciano.

Cris e Alexandre, em Pitangui.


"Em 2007 a Câmara Municipal de Pitangui aprovou me agraciar com uma “Moção Honrosa” por ter sido o primeiro cidadão do Município a possuir o título de Doutor. Para mim e para minha família foi que nos deixou muito felizes, pois foi o reconhecimento do esforço e dos sacrifícios que tivemos que fazer. Cursar Direito em Belo Horizonte implicou em várias dificuldades, para mim e para minha família, no que diz respeito à minha manutenção por lá. Graças a Deus obtive trabalhos e estágios junto à FUMP (uma fundação de apoio ao estudante, ligada à UFMG) e meus pais sempre me apoiaram para que eu continuasse".



Recebendo a Moção Honrosa.


O que nos chama a atenção no relato acima, é que a simplicidade e a humildade são características dos ilustres! Ao ser indagado sobre como ele vê a cidade, o Alexandre Melo teceu um interessante comentário (sobre um passado recente e os dias atuais em Pitangui) e que nos leva à reflexão.

"Pitangui enfrenta, historicamente, o dilema sobre o que quer ser: uma cidade pequena e histórica (e, por isso, não devem ser incentivados investimentos externos que a descaracterizem) ou uma cidade moderna. Disso resulta que a cidade não conseguiu nem uma nem outra coisa. Durante minha breve existência vi casarões históricos serem demolidos (ou caírem por descaso). A 7ª Vila do Ouro perdeu a maior parte dos seus atrativos turísticos no que se refere a patrimônio histórico-cultural sem que, em contrapartida, tivesse amealhado investimentos externos que trouxessem desenvolvimento (e empregos) para a cidade. É com muito pesar que vejo o “êxodo” de cidadãos pitanguienses para outras cidades. Mais recentemente tenho visto iniciativas que buscam contornar esses problemas. Tenho visto ações de preservação do patrimônio histórico (ainda restante) e jovens que vêm promovendo a cidade com orgulho, tudo isso é muito bom e espero poder contribuir de alguma forma. Uma destas iniciativas é o Blog “Daqui de Pitangui”, que, de forma muito competente, vem resgatando nossa história e nosso orgulho e promovendo a cidade para o mundo sem fronteiras da internet".



Em família.


À parte que cabe ao Blog Daqui de Pitangui, agradecemos ao amigo e Dr. Alexandre pelo reconhecimento. É muito bom saber que cada vez mais pitanguienses vêem levantando a bandeira em favor da nossa cidade. E, na minha singela opinião esse processo de valorizAÇÃO de Pitangui tem que ser irreversível. Para saber mais sobre a vida acadêmica desse nosso conterrâneo, acesse os endereços abaixo.

http://lattes.cnpq.br/2877462978948032
http://www.jurua.com.br/shop_item.asp?id=21433

4 comentários:

  1. Muito interessante a postagem Léo. Acho que não é do conhecimento da maioria dos pitanguienses que temos um verdadeiro advogado DOUTOR !! Parabéns ao Alexandre pelos esforços e pelas vitórias obtidas. Para nós, que temos Pitangui na veia, é um orgulho ter um grande profissional como você.

    ResponderExcluir
  2. Olá Dênio, valeu.
    Fiquei muito feliz em poder participar do blog. Aliás, é muito bom saber que há tantos mobilizados em promover nossa cidade.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns aos criadores do blog! Vamos resgatar a história de Pitangui para que possamos ter orgulho de nossa cidade! A iniciativa de vcs faz toda diferença e é animadora para nós, pitanguienses, que apesar de estarmos longe da terra natal, trazemos Pitangui no coração!
    E parabéns ao Nanão, ou, como preferirem, Dr. Alexandre! Ele sempre foi um espelho pra mim, desde que eu era criança, e espero que também o seja para outros pitanguienses!

    ResponderExcluir
  4. Em nome da Equipe do Blog, muito obrigado pela visita e pelo incentivo. Resgatar a história e divulgar os talentos de Pitangui são alguns dos nossos objetivos.
    Volte sempre Cris!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.