Seguidores

sábado, 15 de janeiro de 2011

O aconchego da cidade


Observando a cidade.

As fotos de hoje mostram o clima bucólico que predomina na cidade, mesmo em pleno verão. É só ficarmos atentos para perceber as belezas que a cidade nos revela a todo instante.


No alto a Igreja de São Francisco.


Nos dias frios por causa das chuvas de verão, as pessoas se aconhegam em suas casas e cada família pitanguiense tem o seu jeito e o seu tempeiro especial para vivenciar esses janeiros. Esse Tutu de Feijão incrementado da D. Augusta, é uma receita de família que divulgarei em outra oportunidade. O prato é excluviso para o almoço de ano novo na casa do finado Vô Wilson (Xôxo), um agradável momento, onde a prole tradicionalmente se reune no dia 1º para confraternizar e manter os laços de família.




O Tutu de feijão da D. Augusta!


Nesta chamada para apreciar a cidade, infelizmente não podemos deixar de comentar sobre as tragédias que estão acontecendo no país, principalmente no Rio de Janeiro. O excesso de chuvas neste período, somado a uma combinação de fatores, gerou grandes perdas principalmente de vidas humanas. Que os sobreviventes possam ter forças para recomeçar e que a solidariedade do brasileiro seja bastante generosa neste momento de dor. Pensando nisto, será que estamos totalmente isentos de perigo? O que pode ser feito para evitar situações como essa? Será que uma melhor destinação para o lixo (por parte de todos) e o simples fato de não jogar um papel nas ruas, ou dar uma limpeza no quintal pode ajudar a manter a cidade mais bonita ou a evitar por exemplo, o entupimento de bueiros e a proliferação de doenças?
Em 2011 vamos fazer de Pitangui um lugar melhor para se viver e visitar!


Fotos desta postagem: Léo Morato.

6 comentários:

  1. Belos clics !!!
    Conheço essa varanda e esse tutu !!!

    ResponderExcluir
  2. Lindas fotos Léo, mas a sua chamada para a questão do destino do lixo e as consequencias que isso pode trazer veio bem a calhar. Nós curtimos cada momento que estivemos aí, mas não nos foi indiferente o fato de vermos muito lixo por todo lado, tanto na cidade, quanto em seu entorno. A conscientização individual, com cada um fazendo a sua parte para não poluir nem degradar é o melhor começo, já que o poder público parece estar indiferente/ausente quanto a esta situação.

    ResponderExcluir
  3. Pois é Dênio, estamos precisando fazer outra "reunião de trabalho da diretoria"!!! No carnaval?!

    ResponderExcluir
  4. Olá Ana! Como foi abordado na caminhada, o lixo é uma questão que merece atençaõ especial. Por não estar diariamente na cidade, eu não sei como é feito o tratamento e ou a destinação final do lixo produzido atualmente. Podemos pesquisar junto Administração do Município e outras fontes para fazer uma postagem específica. Por outro lado, penso que nós fazemos parte do meio onde vivemos e podemos interferir no ambiente. Então se cada um fizer a sua parte podemos minimizar os impactos negativos. Acredito que a educação ambiental seja uma ferramente eficaz e o blog também vem desenvolvendo esse papel.
    Até +.

    ResponderExcluir
  5. Sua abordagem é totalmente pertinente Ana! Vamos pensar em uma forma de o Blog ser mais atuante e contribuir nessa questão ambiental. E toda ajuda é muito bem vinda, pois quem ganha é a cidade.
    Abração.
    Vamos nos falando.

    ResponderExcluir
  6. é interessante apresentar aqui o olhar do turista sobre a cidade. Se tem lixo nas ruas e o turista se encomoda é preciso cuidar desta questão com maior seriedade, cidade suja é um péssimo cartão de visitas.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.