Seguidores

terça-feira, 12 de abril de 2011

Livreto raro de 1965 sobre Pitangui


Em 1965 o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) lançou um livreto com 11 páginas, edição comemorativa do 250º aniversário do município de Pitangui, que fazia parte da "Coleção de Monografias", nº 316. O texto é de autoria de Célia Côrtes de Figueiredo Murta. O livreto apresenta um pequeno histórico da cidade e dados estatísticos.
A população do município em 1960 era de 21502 habitantes, sendo que 9009 viviam na área rural e 12493 na área urbana; a atividade pesqueira era de grande importância para a economia do município. A pesca era praticada nos rios Pará e São João e os pescados eram comercializados em Belo Horizonte, Pará de Minas e Bom Despacho. Em 1962 foram comercializados 50 toneladas de peixes, no valor de 10 milhões de cruzeiros ( moeda vigente na época).
O extrativismo vegetal ( carvão e lenha) rendeu ao município, em 1964, 6,7 milhões de cruzeiros; a safra agrícola, em 1963 fo avaliada em 158,2 milhões de cruzeiros e a área plantada em 4511 ha. O principal produto , o milho,contribuiu com 45% do valor total, com 3558 toneladas e ocupou 3150 ha.
Estas são apenas algumas das informações contidas neste raro livreto produzido pelo IBGE com informações sobre Pitangui.



2 comentários:

  1. Livreto raro, conteúdo valiosíssimo. Parabéns pela divulgação.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o "ilustre" (assim, entre aspas). Ilustre é o escambau. Tomara que daqui a 100, 150, 200 ou mais anos alguns dos atuais políticos não sejam lembrados como ilustres sequer entre aspas. O trabalho de alguns não tem valido a cera gasta para lustrar o assoalho em que pisam.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.