Seguidores

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Cenas da cidade

Foto: Léo Morato.


Foto Kamargos.

"Todo sino é uma saudade de bronze. Toda maria-fumaça é uma saudade de ferro e fogo". Rubem Alves (Do livro: Cenas da Vida)


Foto: Léo Morato.

Saudosamente iniciamos a contagem regressiva para os 296 anos da Sétima Vila do Ouro das Gerais em 9 de junho, com a expectativa de uma festa bonita e atrativa, com casa cheia e na esperança de um bom novo ano para a cidade e para os pitanguienses (residentes, ausentes e àqueles que escolheram essa cidade para viver). Quando soubermos da programação oficial e ou dos eventos alternativos, divulgaremos por aqui. Boa semana a todos!

3 comentários:

  1. Está é uma comemoração e tanto. Enviei para o e-mail do blog o cronograma oficial de eventos produzidos pela prefeitura. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. A Locomotiva de número 53 da foto foi conduzida por alguns anos pelo saudoso Juju Rattes. Ele trabalhou por toda sua vida na linha férrea, o que na época era considerado um emprego e tanto. Criou três sobrinhos, cujos pais não tiveram e não quiseram criar. Destes três, um era homem, Alberto Rattes que viveu até morrer em Pitangui e duas eram mulheres, Albertina e Maria Rattes, sendo esta última minha avó. Para as duas, o "Padrinho Juju", apesar de no papel ser somente o tio, acabou sendo um pai, o provedor de tudo, sendo ainda como um avô para os sete filhos que Dona Maria Rattes viria a ter, sendo o Juca e o Jonba, dois destes sete filhos. O Tio Jonba, fez uma música, muito linda por sinal, para homenageá-lo. Juju Rattes foi por fim um pitanguiense dedicado, um homem que só fez trabalhar e servir, e que viveu até o fim padecendo apenas da velhice, mas deixando na família a personificação da caridade, do respeito e do amor pelo trabalho. Hoje, a locomotiva 53 está na exposta, senão me engano, na estação central de Belo Horizonte.

    ResponderExcluir
  3. Caro Fabinho, valeu por mais uma participação enriquecedora aqui no blog.
    Precisamos conferir essa música do Jonba, que ilustra esta história, hein! Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.