Seguidores

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

"Daqui de Pitangui Ano II" - Belo conto, por Ricardo Rabelo.

Mostraremos em duas postagens, esse belo conto criado pelo pitanguiense Ricardo Rabelo, que fala um pouco da nossa natureza, com passagens por lugares conhecidos por todos nós.




"...Pitangui para mim é muito além de uma simples saudade. Pitangui é um forte sentimento"



Em um tempo distante do nosso, quase no fim do verão, com o outono já desfolhando os primeiros ipês, havia uma árvore na mata da Pedreira, sendo nativa de uma outra região distante dali, mas, plantada por um jardineiro muito sábio, aquela árvore é uma Oliveira. Aquela Oliveira Pitanguiense descobriu ser Israelense, e a partir de então, começou a pedir para aquele jardineiro, para que a levasse de volta a sua terra de origem. Até que se viu novamente ser transplantada para uma nova Galiléia, com novos costumes, novas pessoas, novo ritmo de vida, outra maneira de viver e ver a vida... Foi bom, porque ali a Oliveira encontrou um casamento, e desse casamento vieram maravilhosos filhos, a Oliveira frutificou. Com o passar do tempo, e com a constante mutação das estações, a Oliveira começou a sentir muitas saudades da floresta de Pitangui. Começou a lembrar-se das suas companheiras árvores, e do todo eco sistema que havia a sua volta, que a Oliveira interagia ativamente. A Oliveira começou a meditar: -Se eu pudesse voltar a habitar naquela mata, juntamente com minha companheira, e com meus filhinhos, eu mostraria para eles tantas raras e ocultas maravilhas. A Oliveira percebeu que na verdade era Pitanguiense, sendo Israelense racionalmente, mas na alma e emocionalmente totalmente Pitanguiense.




Continuaremos ...

Um comentário:

  1. Adorei a narrativa, seu conto exala poesia, romantismo e magia. A linguagem e a estrutura literária utilizada casam perfeitamente. Ficou bem poético, legal e diferente. Parabéns!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.