Seguidores

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Documentos do século XVIII



No início deste mês de agosto (mês do 2º aniversário do Blog) estivemos no Arquivo Histórico Ultramarino em Lisboa, onde pesquisamos e encontramos vários documentos raros sobre Pitangui, referente ao período do ciclo do Ouro no Brasil, enquanto colônia de Portugal. Apresentamos hoje mais uma dessas relíquias. Trata-se de um Requerimento de Bernardo da Silva e Almeida (com data de 22/6/1727), solicitando a nomeação no Ofício de Tabelião das Notas da Vila de Pitangui. Para saber mais sobre o arquivo Ultramarino e a referida pesquisa, acesse o marcador ao final da postagem.

O Requerimento.

O Parecer sobre o requerimento.


Aguardem as próximas postagens desta série.

4 comentários:

  1. Léo,
    seria interessante se o Instituto Histórico de Pitangui também tivesse um convênio com o Instituto Ultramarino, assim estas documentações ficariam mais acessíveis nos dois lados do Atlântico.

    ResponderExcluir
  2. Fala Léo !!!
    ôh Lisboa bela ... ôh bela Lisboa !!

    A idéia do Professor Licínio é muito interessante ... com a facilidade da rede mundial, talvez o intercâmbio de informações seja viável.

    Léo, parabéns pela pesquisa ...

    ResponderExcluir
  3. Meus caros, concordo em gênero, número e grau! Acredito que seja possível, pois, por meio do projeto regaste, as imagens foram agrupadas em CDs e disponibilizadas aos Institutos que tem a mesma finalidade, como é o caso do Arquivo Público Mineiro. Vou buscar maiores informações... Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, mais informações sobre a documentação do Brasil (Minas, Pitangui) no sec. XVIII podem ser consultadas no site http://www.cmd.unb.br/resgate_busca.php
    E o Inst. Histórico de Pitangui poderia tentar um contato direto com o Arquivo Hist. Ultramarino ou com o Arquivo Público Mineiro, para pleitar esses documentos refentes à nossa história. Fico a disposição para ajudar.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.