Seguidores

segunda-feira, 7 de maio de 2012

HISTÓRIAS DO POVO DE PITANGUI


Causos de minha mãe – 2ª parte – Estranhas luzes no céu de Campo Grande

            Minha mãe havia saído da fazenda de sua cunhada Caetana, em sua companhia estavam sua outra cunhada Judith, sua co-cunhada Maria do Vicente e dois filhos desta última. Tomaram sentido sul na direção da parte baixa do povoado de Campo Grande. Seria um percurso de pouco mais de 700 metros. Logo que saíram da fazenda surgiu por cima das árvores da mata da Jacuba, a direita, uma enorme bola de luz e logo em seguida mais duas. Segundo minha mãe eram como se fossem três luas-cheias cuja intensidade era bastante para iluminar o chão. Logo especularam que poderia se tratar de lanternas de caçadores, mas não seria possível que caçadores mantivessem suas lanternas a tal altura. Já dominada pelo pavor, Maria do Vicente especulou que aquilo era um castigo divino pois “era uma bola para cada uma” para iluminar suas vidas já que “falavam bobagens demais”.

MAPA INDICANDO O LOCAL DA APARIÇÃO. FONTE: GOOGLE EARTH

            Já não interessava mais o que poderia ser tais luzes, o importante naquele momento era tentar chegar o mais rápido possível na casa do Gerci, no fim daquele trilho. Se por um lado as luzes iluminavam o caminho, por outro as crianças não conseguiam acompanhar o ritmo desesperado daquelas senhoras. No entanto, ao avistarem a casa do Gerci e gritarem pelo mesmo, as bolas desapareceram assim como surgiram.
            São inúmeros os relatos de pessoas que também viram estas luzes em ocasiões diferentes e em locais diferentes. Uns dizem ser a “Mãe do Ouro” e que o local do seu desaparecimento indica uma fortuna enterrada, outros acreditam na existência de almas penadas que vagam pelo mundo em busca de salvação. E você ? tem alguma opinião ?
           
Vandeir Santos
Nos seus 300 anos, as histórias e estradas de Pitangui também são Reais         

2 comentários:

  1. eram com certeza espiritos iluminados, os anjos das tais senhoras, um anjo para cada uma, espiritos das trevas não tem luminosidade. eram anjos bons, anjos protetores.é assim que diz a sã razão.

    ResponderExcluir
  2. eram com certeza espirítos de luz, anjos protetores das tais senhoras, um anjo para cada uma, espirítos das trevas não tem luminosidade,

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.