Seguidores

quarta-feira, 9 de maio de 2012

A Pastoral da Juventude de Pitangui

Pastoral da Juventude de Pitangui em 1999.

Uma das características do povo de Pitangui é a sua religiosidade, que se expressa nas celebrações, procissões e outras manifestações. A igreja Católica tem suas bases fundamentadas nas Pastorais e Movimentos compostos pelos fiéis leigos. Neste contexto, abordaremos sobre a história da Pastoral da Juventude em Pitangui, movimento do qual me orgulho de ter feito parte. A PJ é um movimento de jovens, que realizam encontros e celebrações de cunho religioso, além da atuação em causas sociais, políticas e ambientais nas localidades onde estão inseridas. É formada por uma coordenação geral e pelos grupos de jovens que dão sustentação à PJ e se reúnem nas comunidades católicas nos bairros e na zona rural de Pitangui.



Valter, Jaqueline, Sueli, Marlon, Anderson, Cléudia, 
Leonardo, Luciano, Franco e Renata (não está na foto) .
Coordenação PJ 1998 / 99.

Segundo informações do amigo Evaldo Rodrigues de Faria (coordenador da PJ em meados da década de 1990), o primeiro grupo de jovens existente em Pitangui chamava-se Burralho. O grupo foi fundado na década de 1970 pelo saudoso Pe. Guerino Pontello, que trouxe a ideia de um encontro da Diocese de Divinópolis-MG. Antes do Evaldo, alguns dos primeiros líderes da PJ de Pitangui foram a Tonica, o Fernando e o Cláuder Cezar. 

Evaldo Rodrigues - Coordenador da PJ no início dos anos 90.
Foto de 2012.

Geraldo Aquino (contemporâneo na PJ da década de 1990) relatou que: “Anteriormente [à PJ] houve um outro segmento de jovens que parecia ser contraditório à Revolução Industrial e ao Capitalismo e o movimento se chamava JOP (Juventude Operária) ou JOC (Juventude Operária Cristã) e em Pitangui teve pessoas responsáveis... penso que foram essas reminiscências que trouxeram o CIC (Curso de Iniciação Cristã) para jovens e acontecia todos os anos com encontros de dois dias realizados no Colégio EEMAO. O CIC era ótimo porque dormíamos o final de semana no encontro e para o colégio vinham jovens de alguns lugares próximos e contava com palestras ótimas e palestrantes que vinham de Divinópolis e outras cidades”. 

Dia Nacional da Juventude em Pitangui. Outubro de 1998.

Pelas importantes atuações da PJ como movimento organizado da juventude Católica, a ONU – Organização das Nações Unidas estabelece o ano de 1985 como o Ano Internacional da Juventude. Em 1986, a PJB – Pastoral da Juventude do Brasil, vinculada à CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, criou o DNJ – Dia Nacional da Juventude, que é celebrado no último domingo de outubro de cada ano, em todo o país.


 Encontro da Forania Imaculada Conceição. Santuário de Conceição do Pará 1997.

Além da instância nacional e local, as PJs são estruturadas regionalmente em Foranias (Paróquias de cidades da mesma região) e Dioceses (paróquias de uma região maior que agrupa as Foranias). A Diocese de Divinópolis (à qual a Paróquia de Nossa Senhora do Pilar de Pitangui pertence) comemora o DNJ todos os anos. Em 1998, pela primeira vez a PJ de Pitangui foi anfitriã do DNJ, onde recebemos cerca de 1000 pessoas de várias cidades da região.


 Interação social.

Diversas atividades religiosas como encontros semanais, retiros, vigílias e caminhadas são praticadas pelos grupos de jovens da PJ, que também praticam ações assistenciais e de cunho polítco-social como a Semana da Cidadania (que geralmente ocorre em abril), como forma de colocar em prática os temas abordados nas reuniões e celebrações. Eram realizados também os “Tolocos” e “Grupões” (encontros de jovens, que aconteciam nas comunidades rurais).

Retiro Espiritual na Mata do Céu.

Uma importante atividade realizada pela PJ de Pitangui, é a Semana da Juventude, uma referência na Diocese. A Semana da Juventude é realizada em Pitangui há 22 anos durante o mês de julho. Neste evento acontecem palestras e apresentações culturais como teatro, música, dança, poesia, fotografia, etc. 

Casamento na Roça - Teatro na Semana da Juventude 1998.

Roda de Capoeira na Semana da Juventude 1999.

A PJ de Pitangui historicamente tem boa atuação social e, nos anos de 1998 e 99 foram realizados trabalhos inéditos, como os dois vídeos documentários: Cultura e Civismo e Educação, respectivamente e pretendemos divulgá-los em breve. Conheça de perto a atuação da PJ de Pitangui, freqüentando as reuniões semanais dos grupos e a Semana da Juventude, em julho. Estamos buscando informações para falar sobre a PJ dos dias de hoje, em uma próxima postagem.

Apresentação de documentário na Câmara Municial de Pitangui 1998.
Texto de: Leonardo Silva Morato.
 Fotos: Arquivo pessoal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.