Seguidores

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Agenda de 22 a 28 de junho

 
Foto: Vicente Oliveira.

Aqui estamos nós de novo para divulgar a agenda cultural do fim de semana em Pitangui-MG, mais precisamente a programação de sexta a quinta. Confira:

Convite /divulgação.

Na sequencia da programação dos 297 anos de Pitangui hoje tem Forró na Praça, com as duplas e Willy & Ney e João Lucas & Diogo, a partir das 9 da noite na antiga Praça da Feirinha.

Foto: Léo Morato.

Na Pizzaria Contemporâneo também tem sertanejo no show de Markos Moura (na sexta e no sábado). 

E no dia 28 a casa inova, trazendo a Quinta do Riso.

Divulgação.

No dia 23, sábado, a animação no O Pote fica por conta do Jorge Cruz com o show eletro-acústico.


Divulgação.

Certamente outras opções devem rolar nas noites do fim de semana pitanguiense. E o espaço aqui no Blog continua disponível para a divulgar os eventos culturais, recreativos e de utilidade pública. E-mail: daquidepitangui@gmail.com



Agora fica a dica para os empreendedores de lazer, cultura e entretenimento em Pitangui: Tá faltando MPB, Jazz,  Bossa, Samba, Chorinhio e Rock and Roll nas noites e nas tardes da cidade. Tem muita gente (pelos becos, ladeiras, bares, esquinas e quintais) com saudade de ver e ouvir a velha guarda tocando e daquela boa mistura musical improvisada dos Caldas, Lopes, Norberto´s, Nunes, Rachid's & Cia. Pronto, falei!!! Um excelente fim de semana a todos.

3 comentários:

  1. Que programação refinada, hein? Concordo com sua finalização, Leo! O problema é que os empreendedores de casas de shows em Pitangui especialmente aquelas de estilo pop rock como a Fábrica e outra que me foge o nome) não investem eficientemente em divulgação. Sobreviver com o público da cidade, infelizmente, é difícil. Vejamos a Girus, de Pará de Minas, por exemplo: uma casa que investe em shows de peso e em publicidade em toda a região. Por isso, aos finais de semana recebe gente de todo canto. Conheço muitos de Pitangui e daqui de Divinópolis que não perdem um show de rock lá. Falta estratégia de mercado entre os donos de casas de shows em Pitangui - bem como alguns organizadores de eventos que sonham em ficar milionários vendendo ingressos apenas para pitanguienses. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Sua análise é ampla e coerente, caro Ricardo. Mas me refiro especificamente à valorização das tradicionais famílias de músicos de Pitangui, porque a cidade tem a música na sua essência. Há um tempo via-se com frequência as boas "canjas" nos bares, praças e estabelecimentos pitanguienses. E a nossa música também é um diferencial cultural para ser aproveitado turisticamente, não é mesmo!? Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Com certeza, Leo. Percebo que as bandas locais são até bastante valorizadas entre o público que sabe apreciar a cultura regional. Mas essa turma que só gosta de assistir às apresentações de músicos de sucesso nacional representa uma fatia do mercado consumidor que o município de Pitangui tem muita dificuldade em agradar.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.