Seguidores

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Santo Antônio da Penha

 A capela enfeitada para a celebração em homenagem a Santo Antônio.

Hoje, 13 de junho é dia de Santo Antônio, que também é cultuado em Pitangui. Durante todo o dia fiéis se revezam na visita à capela e nas orações ao Santo. Às 18:30 hs haverá procissão saindo da capela de Nossa Senhora da Penha e, às 19:00 hs será celebrada a tradicional missa campal, com a benção dos pães. Logo após a missa tem uma barraquinha com comidas típicas, organizada pela comunidade do bairro da Penha. Participe desta importante manifestação religiosa de nossa cidade.

 Altar lateral com o oratório de Santo Antônio.
Fotos. Leonardo Morato.

A história de Santo Antônio

Antônio é conhecido como o Santo Casamenteiro e das causas difíceis. Nasceu em 1195 em Lisboa, Portugal e morreu em 1231 em Pádua, na Itália. A veneração ao Santo no Brasil ocorreu por intermédio dos potugueses, na colonização.
“Enterneciam-se diante da imagem os rudes desbravadores dos matos, os ousados bandeirantes. Mal acabavam os colonos de fixar residência, juntando-se a outros em pequeno arraial, não tardavam em levantar uma ermida, uma capela em honra do Santo querido e com o tempo ela se transformava em matriz. Caso, porém, não se consagrasse a matriz a S. Antônio, era obrigatório colocar a sua imagem no altar-mor ou num altar lateral próprio. Não eram, entretanto, somente os lugares religiosos onde se tributava veneração ao Santo lisbonense. Quiseram os nossos antepassados batizar com seu nome localidades, fazendas, fortalezas, rios, serras, botequins, lojas, boticas, açougues e até Agências do Correios”.
Fonte: RÖWER, Frei Basílio. Santo Antônio. Vida, milagres, culto. Petrópolis. Editora Vozes. 8ª ed. 1981. 

6 comentários:

  1. Leo, para superar o Nicodemos em Pitangui, só mesmo vc.
    Ótimas fotografias. Boa homenagem ao Santo Casamenteiro neste seu dia.
    A propósito, reproduzo:

    À Prefeitura Municipal de Pitangui/MG

    Com emoção e satisfação:

    A nova iluminação da Praça Antonio Fiúza ficou simplesmente maravilhosa, sensacional, esplêndida, extraordinária, magnífica, vislumbrante,

    Saí de Betim na tardinha desta noite fria de junho, dia de Santo Antonio, com um dos propósitos de apreciar o coreto dos Nunes iluminado e, de sobra prestigiar uma festividade local em homenagem ao santo casamenteiro.
    Valeu a pena ter vindo!
    Parabéns aos administradores públicos que conceberam a idéia da iluminação da Praça e aos operários que realizaram a obra.

    Agora é só esperar ter a sorte do Nicodemos Rosa aparecer e fotografar a praça daqueles ângulos singulares onde só ele encontra a maestria.

    Aliás, por falar em Nicodemos Rosa, sugiro que esta administração que foi capaz de comemorar tão bem os 297 anos de Pitangui no fim de semana que passou, faça uma parceria com um artista local do quilate do Nicodemos Rosa (cujo trabalho já é conhecido e consagrado em vários cantos do Brasil).

    É só vcs se reunirem e apreciarem a idéia sem preconceitos. Encarreguem o NICODEMOS ROSA de fotografar a cidade nos próximos três anos vindouros e terão aproveitado esta oportunidade centenária.
    Já imaginaram o sucesso de uma mostra fotográfica de qualidade nas comemorações do tricentenário de nossa cidade?
    Já imaginaram a repercussão país afora das belas imagens da 7ª. Vila do Ouro das Minas Gerais pelas lentes do Nicodemos, Pitanguiense, artista local?
    Pensem nisso.

    ...
    19:00 horas, mais ou menos...
    Começou o foguetório.... Aí meu Santo Antonio!
    Já vou.. Já vou. Peraí!
    ...


    Geraldo Wagner Gonçalves
    C. I. M986.214
    Praça Antonio Fiúza
    Pitangui/MG


    http://br.mg1.mail.yahoo.com/neo/launch?.rand=0q839skgeltn9

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo incentivo e pelo entusiasmo com Pitangui, caro Geraldo! Não tive a opotunidade de apreciar a nova iluminação da praça, mas certamente o farei. Já ouvi dizer que ficou muito bonita. Agora, superar o Nico, nem de longe. Ele é o cara (como fotógrafo e como pessoa)!!! Abração.

      Excluir
  2. Dênio, Leo e Licínio,
    Amei as fotografias, a capelinha está linda e mais é importante, retratar e repassar estas tradições as novas gerações.Para finalizar um poeminha de minha autoria.
    *
    A SANTO ANTÔNIO
    *
    Ô meu Santo Antônio
    Me ajude a casar
    Eu quero um marido
    Quero me arranjar
    Se você não me der
    Eu lhe jogo no mar.
    *
    O tempo se passa,
    Você nada faz
    Eu só esperando
    Meu belo rapaz
    Pois ficar solteira
    A mim não apraz.
    *
    Meu santo querido
    Meu santo adorado
    Se eu morrer sozinha
    Você é culpado!
    Me arrume santinho...
    Um bom namorado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dalinha,é sempre bom você por aqui! Irei retribuir a visita. Ah, o poema ficou ótimo, merece uma postagem em breve. Grande abraço.

      Excluir
  3. Bela postagem, Leo! Um salve pra você, outro pra cultura popular e outro pro Santo Antônio. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Valeu Ricardo! A Penha é um cantinho especial de Pitagui,não é mesmo!? Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.