Seguidores

sábado, 23 de junho de 2012

Uns versos para Antônio

 Foto: Léo Morato.
A nossa amiga Dalinha Catunda, blogueira e cordelista, deixou um belo comentário na postagem que fizemos no dia 13 de junho, em homenagem a Santo Antônio. Dalinha ressaltou sobre a importância de repassar as tradições às novas gerações e relatou em versos e rimas a crença popular, que considera o Santo Antônio como casamenteiro, nos presenteando com mais um cordel dedicado a Pitangui.

*
A SANTO ANTÔNIO
*
Ô meu Santo Antônio
Me ajude a casar
Eu quero um marido
Quero me arranjar
Se você não me der
Eu lhe jogo no mar.
*
O tempo se passa,
Você nada faz
Eu só esperando
Meu belo rapaz
Pois ficar solteira
A mim não apraz.
*
Meu santo querido
Meu santo adorado
Se eu morrer sozinha
Você é culpado!
Me arrume santinho...
Um bom namorado.


Dalinha Catunda

http://cantinhodadalinha.blogspot.com.br/ 
http://cordeldesaia.blogspot.com.br/

2 comentários:

  1. Nossa amiga Dalinha, sempre nos presenteando com seus lindos versos.
    Mais uma vez, obrigado.
    Abração.

    ResponderExcluir
  2. Olá Licinio,
    Saudades de suas passadas pelo meu cantinho, Um abraço.
    Leo, obrigada pela postagem.
    Meu carinho para vocês, Dênio, Leo e Licínio
    Dalinha Catunda

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.