Seguidores

terça-feira, 18 de setembro de 2012

"Menino é na areia"!!!

A quadrinha da Praça de Esportes.

"Menino é na areia!" Essa é frase que a caixa baixa (a molecada) ouvia da caixa alta (os adultos), quando pedia para jogar bola na quadra grande da Praça de Esportes (Clube Pinheiros). Então só restava ir para a quadrinha. Detalhe, a quadrinha parecia imensa. Tempo bom!
 
A meninada "na areia".

A quadra grande.
Fotos: Léo Morato.

6 comentários:

  1. Boa lembrança Léo !!
    Eu tenho muitas histórias pra contar daí ... Acho que a melhor delas foi o dia que eu saí driblando o time adversário inteiro, a la Ronaldinho Gaúcho, e quando fui passar pelo zagueiro, que era o Juninho da Lanchonete, ele não satisfeito com a canetada que dei nele, ele me puxou e nos esparramos literalmente na areia. Saldo da queda : Meu braço esquerdo quebrado e um grande, literalmente também, amigo pro resto da vida ... Boa lembrança Léo !!

    ResponderExcluir
  2. Me esqueci de parafrasear o escritor Fabrício Carpinejar :

    "Na infância.. Bastava sol lá fora e o resto se resolvia."

    e também o compositor Pedro Luis :

    "Divino, insano ... tempo de menino é muito mais humano"

    ResponderExcluir
  3. Quando se é criança qualquer espaço para bater uma bola parece um enorme estádio...dá pra ouvir até o barulho da torcida...rsrsrs...

    ResponderExcluir
  4. Meus caros, a nossa memória é mesmo um baú de recordações. E as lembranças da infância são as melhores. Desejo que o meu filho (que está por vir) e as crianças desta geração,possam ter uma infância bem vivida, como a que tivemos!

    ResponderExcluir
  5. Olá meninos,
    Bom vê-los juntos nas lembranças e comentários, saudades de vocês!!!
    A ABLC fez aniversário e tivemos Olegário Alfredo, cordelista, representando Minas, com mais alguns mineiros. Em Sabará foi implantada uma cordelteca.
    Dênio, Licinio e Leo, meu carinho e meu abraço

    ResponderExcluir
  6. Oi Dalinha, que bom você por aqui! Assim como na literatura de Cordel procuramos manifestar a cultura e as lembranças em Pitangui. Grande abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.