Seguidores

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Doações ao Instituto Histórico de Pitangui

 IHP.
Fotos desta postagem: Leonardo Morato e Vandeir Santos.

No dia 14/4/12 representantes do Blog Daqui de Pitangui estiveram no Instituto Histórico de Pitangui – IHP, onde foram recebidos pelo então Presidente o senhor Cézar Miranda e sua esposa a senhora Valéria Schmitt. O encontro foi marcado para a doação de objetos e documentos históricos para o acervo do museu. Além de contribuir com o acervo do IHP, o intuito deste ato é estimular os pitanguienses a conhecerem e a contribuírem com a história de Pitangui, aumentando o acervo do IHP. O Instituto vem desenvolvendo um importante trabalho de recuperação do Arquivo Judiciário de Pitangui e demais documentos da nossa história, dos séculos XVIII, XIX e XX e precisa de recursos para a sua manutenção. Maiores informações sobre como fazer doações ao Instituto Histórico (inclusive em dinheiro) e sobre como tornar-se um sócio, poderão ser obtidas pelos e-mails: ihpitangui@hotmail.com; ihp.pitangui@facebook.com .

 Cézar recebendo o ponteiro do Vandeir.

Vandeir Santos doou um ponteiro de ferro (uma relíquia do século XVIII utilizada como ferramenta), encontrado no interior de uma Mina de Ouro desativada na região de Pitangui, durante um trabalho de campo juntamente com o Cláudio Faria.

 Vandeir no interior da Mina desativada.

Leonardo Morato fez a doação de cinco cópias de documentos (cartas, petições, requerimentos) do século XVIII, diretamente relacionados à Pitangui. O material foi pesquisado e adquirido no Arquivo Histórico Ultramarino em Lisboa. O Conselho Ultramarino tinha a função de orientar e auxiliar o rei de Portugal nos pareceres, leis e decisões relacionados às colônias portuguesas. Os assuntos e solicitações diversas dos cidadãos nas Capitanias no Brasil, eram despachados para a Corte Portuguesa, por intermédio das Câmaras Municipais. Em 2008, em uma parceria dos governos do Brasil e Portugal, por meio do Projeto Resgate, toda a documentação relacionada ao Brasil Colônia, foi organizada, catalogada e digitalizada, para resguardar este importante acervo histórico. Cerca de 200 documentos diversos sobre "A Vila de Nossa Senhora da Piedade de Pitangui" podem ser pesquisados e adquiridos na sede do Ultramarino em Lisboa e consultado através do site da Instituição (http://www.iict.pt/), no Arquivo Público Mineiro ou pelo site do Projeto Resgate (http://www.cmd.unb.br/resgate_busca.php).

Cézar recebendo a documentação do Léo Morato.

Considero extremamente importante que a população da cidade contribua (dentro de suas possibilidades) com a ampliação do acervo do Museu Histórico de Pitangui, doando peças antigas (utensílios domésticos, objetos de decoração), fotografias e documentos para o fortalecimento da memória coletiva da cidade” (Leonardo Morato).


Relação dos documentos doados:

- Requerimento de Pedro da Fonseca Neves, mestre de campo do Terço (tropa) dos Auxiliares da Vila de Pitangui, solicitando a sua confirmação no exercício do referido posto (10/11/1726).
http://www.daquidepitangui.blogspot.com.br/2011/08/pitangui-no-arquivo ultramarino.html 
- Requerimento de Bernardo da Silva e Almeida solicitando a nomeação no Ofício de Tabelião das Notas da Vila de Pitangui (22/6/1727).
http://www.daquidepitangui.blogspot.com.br/2011/08/documentos-do-seculo-xviii.html
- Os Oficiais da Câmara da Vila de Nossa Senhora da Piedade de Pitangui, confirmam o registro e publicação da lei pela qual Dom João V proíbe a abertura de novos caminhos ou picadas para as Minas, onde já houver a arrecadação da Fazenda Real (2/3/1734).
http://www.daquidepitangui.blogspot.com.br/2011/10/ordens-del-rei.html
- Representação dos Oficiais da Câmara da Vila de Pitangui, informando ao Rei da difícil situação econômica em que se achavam as Minas e solicitando providências no sentido de aliviar os povos da referida Capitania da excessiva carga tributária que recaía sobre o ouro extraído (30/8/1751).
http://www.daquidepitangui.blogspot.com.br/2011/12/da-vila-de-pitangui-para-o-rei-de.html
- Requerimento de Antônio Rodrigues Velho [o Velho da Taipa] da Vila de Pitangui, solicitando justiça pelo descaminho de um escravo, Manuel Jacinto, pardo forro e de uma sua escrava chamada Inácia (13/12/1761).
http://www.daquidepitangui.blogspot.com.br/2011/12/requerimento-do-velho-da-taipa.html
Link complementar:
http://daquidepitangui.blogspot.com.br/2011/11/origem-e-atribuicoes-das-primeiras.html

2 comentários:

  1. Oi Leo! Muito obrigada pela ajuda! Se cada de nós fizer a nossa parte, ainda que seja um trabalho de formiguinhas, o resultado será grandioso! Fica registrado aqui o nosso agradecimento. Valéria Schmitt

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.