Seguidores

domingo, 13 de janeiro de 2013

A educação pública primária em Pitangui em outros tempos

Fonte: Arquivo da E. E. Francisca Botelho
Em nossas pesquisas sobre educação escolar primária em Pitangui encontramos este trabalho de uma aluna (Maria da Conceição Barbosa) do 2º ano primário do então "Grupo Escolar Francisca Botelho" a respeito de uma excursão aos arredores da cidade promovida pela professora da classe, Dona Judith de Abreu e Silva, por acaso o nome do bairro que resido atualmente.
Neste trabalho escolar podemos perceber as transformações que ocorreram na área urbana da cidade do final da década de 1940 aos dias de hoje. Esta atividade ocorreu em setembro de 1948 e foi desenvolvida pela aluna Maria da Conceição Barbosa há 65 anos atrás. A Capela da Penha ainda conservando sua arquitetura original, pois, na década d 1950 passaria por uma reforma.
Interessante também é observar o desenho feito pelo aluno com o trajeto da excursão. Clique na imagem para ver os detalhes.
Outra coisa que nos chama a atenção é a atitude da professora, naquela época, no manejo da turma durante  o percurso da excursão, sempre motivando as crianças a observarem a relação da população com o meio, como relatou a aluna Maria da Conceição Barbosa no relatório feito por ela sobre a atividade. Veja Abaixo:

Fonte: Arquivo da E. E. Francisca Botelho

5 comentários:

  1. Excelente garimpo, professor! História pura! Outro detalhe que me chamou a atenção ao ler o depoimento do aluno, é o lado inspirador do "Largo da Penha" que sempre nos reverva boas histórias para observar e contar. Bela postagem!

    ResponderExcluir
  2. Olá Léo,
    foi realmente um grande "achado". Também adorei a expressão "Largo da Penha", penso que deveríamos regatá-la.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Esta postagem valoriza a Educação, o trabalho dos alunos e a memória da cidade.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sylvio Bazote,
      seja bem vindo ao blog.
      Nossa intenção é justamente esta.
      Apareça sempre.
      Abraço.

      Excluir
  4. Que coisa mais linda! Vocês acertam ao tornar público este pedacinho de história da nossa educação. Abraços!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.