Seguidores

quarta-feira, 20 de março de 2013

Pitangui tricentenária e contemporânea

 Praça da Câmara - 2001.
Fotos: Léo Morato.

Opinião:

De uns anos pra cá tem sido bacana ver as manifestações de várias pessoas e instituções, valorizando Pitangui. E com a velocidade das comunicações, principamente nas mídias eletrônicas, essas ações têm se evidenciado. Seja por meio de pesquisas e de garimpos históricos (resgatando feitos de um passado distante ou recente); de projetos, restaurações e eventos; edição de livros e trabalhos acadêmicos; ou da divulgação e compartilhamento de fotos raras nas redes sociais, muitos pitanguienses (de sangue ou coração) vem externando o seu sentimento de pertencimento, de auto-estima. E quando estas iniciativas acontecem de dentro para fora, quando a sociedade participa, a coisa vinga, cria raiz. Desta forma, acredito que pouco a pouco a Velha Serana alcançará o reconhecimento que lhe é de direito, proporcionando melhor qualidade de vida para seus moradores. Não é questão de não enxergar o que precisa ser melhorado, mas sim de ressaltar o que tem sido feito de bom!

Leonardo Morato.

 Igreja de São Francisco - 2002.


Fazenda Ponte Alta -  1998.

Reproduzimos abaixo a opinião do amigo Geraldo Wagner, registrada no comentário desta postagem:

"Tenho observado muitas mudanças em Pitangui nos últimos dois ou três anos. Basta a gente sair de casa, a pé, três vezes ao dia, em horários diferentes, com o único propósito de observar as coisas e as pessoas com suas vidas tão normais para notar as mudanças. Se se observamos bem, notamos que existe um clima diferente debaixo do céu da cidade de Pitangui; a gente vê que cada um parece estar cuidando melhor do seu precioso cantinho, reformando, limpando, pintando e enfeitando a sua preciosa moradia. A cidade está ficando muito bonita. Diante da atitude positiva de cada um, o poder público complementa com a sua parte.
Tenho comigo que a imensa maioria das nossas dificuldades são apenas mentais, nós tendemos a admitir em um primeiro momento que “isto não é possível”, antes mesmo de analisar os fatos. Ao que me parece, as pessoas em Pitangui descobriram esta armadilha e estão admitindo a possibilidade de agir, driblando as dificuldades imaginárias. Refiro-me ao prazer de residir e/ou trabalhar em um local bonito e bem cuidado. Pelas fotografias acima percebemos (nós e os de fora) que cada morador, cada comerciante, cada instituição tem se preocupado com o aspecto do seu lar, do seu local de trabalho o do seu empreendimento. Creio que a estas alturas, as diversas associações mais criativas e atuantes da cidade já convocaram ou estão por convocar os seus associados para, juntos, prepararem a cidade para a GRANDE FESTA DOS 300 ANOS DESTA TERRA TÃO AMADA. Não se trata de gastar dinheiro atoa, é um investimento com retorno certo:
• Para os particulares retorno não só com o aumento da auto estima e orgulho mas também na valorização do seu imóvel; afinal, se o seu imóvel e os imóveis da vizinhança estão melhores, a valorização do lugar é certa.

• Para os empresários retorno em forma de modernização, maior movimento de clientes e consequentemente maiores lucros.

• Para as instituições publicas e privadas o retorno vem na forma de demonstração de eficiência, competência e melhor aceitação do público em geral.
Avante Pitangui, terra querida. Eu garanto, já estou fazendo a minha parte".
Geraldo Wagner Gonçalves
Praça Antonio Fiúza / Pitangui /MG.

6 comentários:

  1. Tenho observado muitas mudanças em Pitangui nos últimos dois ou três anos. Basta a gente sair de casa, a pé, três vezes ao dia, em horários diferentes, com o único propósito de observar as coisas e as pessoas com suas vidas tão normais para notar as mudanças.

    Se se observamos bem, notamos que existe um clima diferente debaixo do céu da cidade de Pitangui; a gente vê que cada um parece estar cuidando melhor do seu precioso cantinho, reformando, limpando, pintando e enfeitando a sua preciosa moradia. A cidade está ficando muito bonita. Diante da atitude positiva de cada um, o poder público complementa com a sua parte.

    Tenho comigo que a imensa maioria das nossas dificuldades são apenas mentais, nós tendemos a admitir em um primeiro momento que “isto não é possível”, antes mesmo de analisar os fatos. Ao que me parece, as pessoas em Pitangui descobriram esta armadilha e estão admitindo a possibilidade de agir, driblando as dificuldades imaginárias. Refiro-me ao prazer de residir e/ou trabalhar em um local bonito e bem cuidado. Pelas fotografias acima percebemos (nós e os de fora) que cada morador, cada comerciante, cada instituição tem se preocupado com o aspecto do seu lar, do seu local de trabalho o do seu empreendimento.

    Creio que a estas alturas, as diversas associações mais criativas e atuantes da cidade já convocaram ou estão por convocar os seus associados para, juntos, prepararem a cidade para a GRANDE FESTA DOS 300 ANOS DESTA TERRA TÃO AMADA. Não se trata de gastar dinheiro atoa, é um investimento com retorno certo:
    • Para os particulares retorno não só com o aumento da auto estima e orgulho mas também na valorização do seu imóvel; afinal, se o seu imóvel e os imóveis da vizinhança estão melhores, a valorização do lugar é certa.
    • Para os empresários retorno em forma de modernização, maior movimento de clientes e consequentemente maiores lucros.
    • Para as instituições publicas e privadas o retorno vem na forma de demonstração de eficiência, competência e melhor aceitação do público em geral.

    Avante Pitangui, terra querida. Eu garanto, já estou fazendo a minha parte.

    Geraldo Wagner Gonçalves
    Praça Antonio Fiúza / Pitangui /MG

    ResponderExcluir
  2. Caro Geraldo,
    pela pertinência do comentário, acrescentamos o seu texto na postagem. Obrigado pela participação! Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. As fotos de pitangui sao espetaculares,adoro visitar o blog e relembrar quando eu morava ai,agora moro em para de minas mas sempre que posso vou ai,era muito legal sair a noite na pracinha do eemao passear na mata da pedreira etc ,as fotos dos anos 90 sao demais e trazem otimas lembranças aqui no blog daqui de pitangui tamo em casa,devemos dar a pitangui seu verdadeiro valor pois e uma das mais belas e importantes cidades mineiras e nossa cidade mae e mae de todo centro oeste de minas devemos nos orgulharmos de ser pitanguienses comentado por antonio carlos bairro recanto da lagoa para de minas.

    ResponderExcluir
  4. O blog "Daqui de Pitangui" contribui de forma expressiva para esta disseminação a cidade e suas histórias. O mais interessante é que tal iniciativa (criar uma página online com atualização diária sobre a cidade) partil da população, e não de órgãos públicos. Fosse ideia de instituições públicas, onde ocorre a manipulação de informações em benefícios de pessoas ou grupos, não teria dado tão certo.

    ResponderExcluir
  5. Perdoem alguns errinhos de português em meu comentário anterior. Detesto fazer isso. Acontece que estou acessando pelo celular, e este tecladinho aqui, vou te contar... Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Ricardo Welbert, tenho observado sua trajetória profissional e sua abnegação em vencer na profissão que escolheu. Primeiro Pitangui..., Divinópolis...; e que tal agora Betim? A cidade esté efervecendo de oportunidades para jovens como você. Se vc batalhar consegue um emprego por lá na sua área. Se optar por alçar novos voôs, ofereço-lhe uma preocupação a menos, arrumo um lugar para vc morar na cidade enquanto for necessário.
    Um abraço.
    Geraldo Wagner Gonçalves - gwagnerg@adv.oabmg.org.br
    Betim/MG

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.