Seguidores

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Novos Clicks pela cidade

No alto da Serra, o Cristo.

O nosso amigo Daniel (Chumbinho) Caldas nos enviou alguns registros fotográficos feitos na Velha Serrana. Muito bacana, além de músico o Daniel vem se mostrando também um bom fotógrafo. Aguardaremos as próximas fotos!

 Espelho d'agua (piscina do Clube Pinheiros).

A bela capela. Parece que foi estrategicamente "colocada" neste lugar!

7 comentários:

  1. DEMOROU.
    A algum tempo vinha esperando que este blog postasse algo sobre o Clube Pinheiros. Vou pegar um gancho, aproveitar para comentar e expressar um outro ponto de vista sobre o lugar na tentativa de fazer pegar, ou desapegar aqueles que teimam em viver (ou não enxergar) o agonizar a cada dia este importante espaço que deveria estar sendo melhor aproveitado.

    Sugiro que quem se interessar, ou melhor, quem duvidar do que vou dizer, acesse o site do Google Earth, (quem não tiver baixe o aplicativo pois é fácil, rápido e de graça) e procure ter uma visão aérea do bairro São Francisco, incluindo aí a recém restaurada Igreja de São Francisco, o Clube Pinheiros, as construções centenárias, a Santa Casa, o Asilo, o Cemitério e outros prédios públicos que atendem a população naquela que podemos chamar de região hospitalar de Pitangui.

    Se isto não for possível ao amigo leitor, que este observe atentamente as fotografias acima e circule, oportunamente, pelos lugares que mencionei tentando ter uma visão de conjunto. Vai ser impossível não deixar de andar na sombra do muro de mais de 3,0 metros de altura que embala o Clube Pinheiros (sombra por dentro e por fora). Aquele hoje invólucro, em outros tempos, já significou muito para muitos pitanguieses e para nós outros, mas hoje é um tropeço para a harmonia da região.

    Em que pese, SMJ*, o esforço, a dedicação e a criatividade de pitanguienses como o João Quiqui e atualmente o Edilson e suas então diretorias para darem uma sobrevida àquele lugar, os dias de hoje , a realidade de hoje e as aspirações de hoje exigem uma mudança radical daquele espaço para tornar-se verdadeiramente público, útil, agradável e contextualizado com a região.

    Politicos, Adm. Públicos, a Diocese e pessoas de visão e iniciativa poderiam se informar melhor sobre a real situação daquela imensa área, na raiz, por exemplo, ir ao CRI da Comarca e verificar qual a cadeia de proprietários (Estado, Município, Igreja, particulares, Entidades públicas ou privadas, etc., etc), verificar os convênios existentes e suas validades, procurar a atual Diretoria do Pinheiros e pedir informações detalhadas sobre os aspectos legais da agremiação.

    Prá quê tudo isto? Ora, para encontrar uma forma de derrubar aqueles muros que não estão tombados, deixar ali só o poliesportivo e o campo de futebol, mudar os demais equipamentos para uma outra área, por exemplo, mais próxima da AABB.
    ABSURDO? Creio que não. Absurdo é manter aqueles muros, é bombear água cristalina e rara de quilômetros de distância para uma vez por semana refrescar meia dúzia de pessoas, absurdo é dar às costas com muita feiura à imponente e secular Igreja de São Francisco, absurdo é se fazer de bobo e não dar valor ao conjunto arquitetônico existente na área hospitalar, absurdo é, em última análise, ficar servindo para quase nada a um público que precisa estar sendo fisgado aqui e acolá para frequentar o lugar. Falo com propriedade. A Isabel minha patroa e as minhas filhas são sócias creio que a primeira a mais de 25 anos e as outras desde que nasceram. Falo por mim, não falo por elas nem por ninguém mais desta querida cidade.

    Pensemos nisso, não custa nada sonhar e tudo de concreto nasce de um simples sonho. O que precisamos é encontrar uma forma (possível, viável, bem planejada e inteligente) para melhorar a nossa cidade para nós e os nossos filhos.

    Respeito e peço desculpas aos que por ventura pensarem diferente.
    Geraldo Wagner Gonçalves
    Praça Antonio Fiúza
    Pitangui/MG

    *SMJ (Salvo Melhor Juízo)

    ResponderExcluir
  2. Bom ver pessoas interessadas em contribuir com a alimentação contínua deste blog. Sinal de que estão acompanhando as postagens e abraçando a "causa" de exaltar e defender os patrimônios da cidade. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia GWG! No que diz respeito ao BLOG, o convido para acessar dois links de postagens sobre o Pinheiros (que fez parte da adolecência e juventude de muitos Pitanguienses):

    http://www.daquidepitangui.blogspot.com.br/2012/09/ii-encontro-do-grupo-pracinha-do-colegio.html

    http://www.daquidepitangui.blogspot.com.br/2012/09/menino-e-na-areia.html

    Compreendei suas colocações no sentido de ressaltar essa valorosa região de Pitangui, mas não tenho, no momento, opinião formada sobre o tema. Um abraço e obrigado pela presença constante por aqui!

    ResponderExcluir
  4. Caro Ricardo, obrigado por mais uma visita ao DaquidePitangui!!!
    As participações espontâneas das pessoas que nos enviam fotos, textos, informações e links contribuem sobremaneira para manutenção e contuinuidade deste espaço. Estamos (os 4 integrantes) "apertados de costura" (trabalho, estudos, e etc) e com pouco tempo para postar... mas a proposta de fazer algo diferente continua. Abração

    ResponderExcluir
  5. Eu não sei o esquema de revezamento de vocês nas postagens, mas, como são quatro pessoas, talvez se definissem dias específicos para cada um postar alguma coisa (ex: Licínio na segunda, Dênio na terça, Leo na quarta, Vandeir na quinta, Licínio na sexta, Dênio no sábado, Leo no domingo...), talvez facilitaria pra vocês, uma vez que os assuntos (e os materiais de colaboração) estão tão fartos. Algo que me deixa muito satisfeito em relação a este blog é saber que todo dia vai ter um conteúdo novo. Se eu acessar dois, três, quatro ou mais dias e não tiver novidades, dificilmente eu volto (risos). Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo Welbert,
      sua sugestão é interessante, porém, no momento não posso me comprometer com datas para postar no blog, pois, estou envolvido com minha pesquisa e fico fora de Pitangui muitos dias, o que me impede de aprofundar a garimpagem de material para postar no blog, aliás, tenho postado pouco ultimamente por causa de minha vida acadêmica. Creio que os demais colaboradores também andam bastante atarefados, cada um contribui como pode.
      Abraço

      Excluir
  6. Ricardo, também preciso ver a escala de mamadeiras, trocas de fralda e "ninadas" lá em casa para planejar os posts. Brincadeira rsrs, é a correria mesmo. Tenho uns temas sendo preparados e, em breve estarão no ar. De toda forma, o nosso compromisso com a pesquisa e o garimpo histórico permanece, mantendo também a espontâneidade e o improviso, que são a cara do Blog. Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.