Seguidores

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Casarão colonial deu lugar ao prédio do Banco do Brasil

Acervo da Câmara Municipal de Pitangui

Apresentamos na postagem de hoje mais uma foto que registra a história de Pitangui. Aqui vemos o casarão que se localizava na rua Martinho Campos, onde hoje funciona o Banco do Brasil.
Segundo Edgar Lima, nosso amigo e frequentador das páginas do blog, esta casa pertenceu ao Coronel   Agenor Lopes Cançado, que também foi famaceutico em Pitangui.

6 comentários:

  1. uma pergunta!! esse xerox ai da placa é o mesmo de hoje em dia? uma fotocopia? Edgar Lima

    ResponderExcluir
  2. Esta casa pertenceu ao major Agenor Lopes Cancado, farmaceutico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela informação Edgar, vou inclui-la na postagem.
      Abraço.

      Excluir
  3. Segundo o Homero Valadares, anterior à construção do prédio do Banco do Brasil, ele era o proprietário do imóvel, inclusive foi ele que o vendeu ao Banco. Anterior ao Homero, o proprietário foi o Dr.Laércio, promotor de justiça da época. Quando o Homero transferiu o imóvel ao Banco, ficou acertado que ele ficaria, posteriormente à venda, por um prazo de 6 meses no imóvel e que todo o material proveniente da demolição ele poderia negociar e o fez para um empresário de Tiradentes. Percebe-se, ao lado direito na fotografia, a casa do Sr.Aprígio, "que ainda existe."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dênio, o Major Agenor Lopes Cançado deve ter sido o proprietário anterior a estes que você citou...encontrei anuncio da farmácia dele - Farmácia do Povo - em um exemplar do jornal pitanguyense "A Justiça", em edição de 1904.

      Excluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.