Seguidores

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Os nossos sinos...

..ainda tocam, por isso poetamos!

Foto: Léo Morato.

"Toda maria fumaça é uma saudade de ferro e fogo. Todo sino é uma saudade de bronze".
(Rubem Alves) 




Links relacionados:






4 comentários:

  1. Escutar um sino tocando límpido em meio à correria e barulho da rotina moderna é um prazer cada vez mais raro, por falta de atenção ou possibilidade, porque o sino local rachou e não foi reformado ou substituído devido ao custo elevado.
    Sinos rachados tocam roucos, dando uma nota mais melancólica do que importante à ocasião.
    Há também a atividade cada vez mais rara dos sineiros, que dobram os sinos com personalidade e propósito, ao invés de apenas fazer com que soem sem significado.

    Entendo que é mais fácil e barato colocar um alto falante da torre da igreja e reproduzir em gravações as badaladas, mas perde-se o charme e significado emocional. É a mesma diferença entre admirar um pássaro cantar ou apenas ouvi-lo gravado. Há beleza no som, mas ele perde um pouco de sua alma.

    Para quem se interessar, fiz uma postagem sobre os sinos em Minas no meu blog HistóriaS, no link:
    http://historiasylvio.blogspot.com.br/2013/08/sinos.html

    ResponderExcluir
  2. Os sinos são a cara das nossas cidades históricas, de Pitangui. Nos remetem ao passado, contemplação. Por isso é preciso valorizar os nossos patrimônios... Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Confiram o vídeo no link abaixo:

    http://vimeo.com/76107756

    ResponderExcluir
  4. Belos presentes, esse site tem dado à cidade.
    Parabéns aos feitores.
    Que vocês continuem honrando o nome da Velha Serrana.

    Adélia Fonseca - Sete Lagoas/MG

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.