Seguidores

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Comerciantes protestam contra a falta de segurança pública

Um grupo de comerciantes pitanguienses se reuniram hoje, em frente à Matriz de Nossa Senhora do Pilar para protestarem contra a falta de segurança pública no município, que vem enfrentando a bastante tempo uma onda de assaltos e violência assustadora. O Blog "Daqui de Pitangui" esteve presente à manifestação, que ocorreu às 08:00 de hoje.

Foto: Licínio Filho
Foto: Licínio Filho
Duas emissoras de televisão da região, TV Alterosa e TV Integração, estiveram presentes fazendo a cobertura e entrevistando alguns dos comerciantes que compareceram. Aliás, era para ter mais gente presente, pois reclamar sem participar demonstra a falta de articulação da sociedade civil em Pitangui.

Foto: Licínio Filho
Um dos comerciantes presentes, assaltado recentemente, afirmou, que, diante do quadro de insegurança presente em Pitangui irá encerrar suas atividades, pois, não se sente em condições de trabalhar. Um estabelecimento comercial que se fecha em Pitangui significa menos emprego e menos arrecadação de impostos. É assim que Pitangui chegará aos 300 anos? Era a pergunta que se fazia, em uma roda de conversas entre os comerciantes.

Foto: Licínio Filho

Foto: Licínio Filho
Os comerciantes relataram, que ocorrem, em média, quatro assaltos todos os dias em Pitangui. Além do prejuízo financeiro e material os criminosos têm usado da violência contra os proprietários e funcionários dos estabelecimentos comerciais da cidade. Afirmam ainda, que os assaltos ocorrem à luz do dia e durante a noite.
Giovanni Júnior, filho dos proprietários da Padaria Silva, nos relatou que o estabelecimento comercial da família já foi assaltado inúmeras vezes, sendo que, em um dos assaltos uma funcionária foi baleada na mão. O pai de Giovanni, se diz revoltado com a situação que a cidade se encontra, no que foi apoiado pelos demais comerciantes presentes.
Os comerciantes afirmam que a atual gestão municipal prometeu em campanha, melhorar a segurança pública no município. Um dos comerciantes, inclusive, trazia um panfleto distribuído durante a última campanha eleitoral, onde o candidato, que atualmente ocupa a prefeitura, prometia inúmeras realizações em vários setores, inclusive, no que diz respeito à segurança pública, mas segundo os depoimentos, até agora não foi feito nada. Afirmam que se mobilizarão para exigir que as promessas sejam cumpridas, caso contrário darão uma resposta nas urnas, no próximo pleito.


5 comentários:

  1. Eu fui baleada em novembro do ano passado e meu sentimento é de revolta e muito medo! Luciene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciene.
      Seja bem-vinda ao blog.
      Imagino que seja uma situação dramática.
      Desejamos profundamente que a população tenha segurança para poder trabalhar e exercer todas as atividades de seu cotidiano. Espero que você já esteja bem. Um fraterno abraço.

      Excluir
    2. O queveu espero de verdade é que seja realizado um novo protesto , mais organizado ,fora fldo horario comercial para tidos poderem participar, as 8 da manha de uma quinta feira nao tem como ne gente, e que seja feito na porta da prefeitura ou delegacia, pq tem que hacer uma mudança para que nao venha acontecer com outras pessoas o que aconteceu comigo e com o helton, e que graças a Deus nos estamos vivos !!! Obrigado pelo espaço de poder desafar e compartilhar com vcs meu sofrimento!

      Excluir
    3. A população tenho garantido o direito de se mobilizar quando se sente prejudicada. Apoiamos todas as manifestações democráticas.O blog é um espaço para que todos possam expor seus pontos de vista.
      Abraço.
      Abraço.

      Excluir
  2. Vão me desculpar, mas isso é consequencia do mau uso da maior arma que se tem pra melhorar a cidade: o voto. As ruas estao mais sujas, a farmacia popular mais escassa, o patrimonio publico mal conservado e a violencia aumentou consideravelmente. Pra quem falou que a cidade não podia piorar, aí está a resposta. Parabens pela cobertura, Daqui de Pitanguy. Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.