Seguidores

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Pitangui e a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial

Acervo do Instituto Histórico de Pitangui
A partir de 1941 vários navios mercantes brasileiros foram torpedeados por submarinos alemães levando o Brasil a romper relações diplomáticas com as Potências do Eixo, em 28 de janeiro de 1942. As agressões por parte da Alemanha continuaram e, em 22 de agosto daquele ano, após o torpedeamento de mais seis navios brasileiros, causando a morte de mais de 600 pessoas, o Brasil declarou guerra às forças do Eixo, no contexto da Segunda Guerra Mundial.
A entrada do Brasil naquele conflito mundial repercutiu imediatamente em Pitangui. Nesta postagem apresentamos a primeira página do jornal "Município de Pitangui", de 23 de agosto de 1942, ou seja, um dia após o Brasil declarar guerra ao Eixo. A manchete estampada "Um dia de intensa vibração cívica em Pitangui" e a matéria de página inteira relata como a população de Pitangui reagiu com a notícia da entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial. As manifestações de apoio, ao então, Presidente Getúlio Vargas e de repúdio aos ataques alemães ocorreram por toda cidade. Clique na imagem para ampliá-la e leia a matéria.
Sabemos que vários cidadãos pitanguienses se alistaram nos quados da Força Expedicionária Brasileira (FEB) e lutaram nos campos de batalha da Itália.

3 comentários:

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.