Seguidores

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Fim de semana cultural em Pitangui - Parte 1

     As atrações culturais estiveram em intensa atividade neste último fim de semana do mês de junho em Pitangui. Já às 17:00 de sexta teve início na igreja de São Francisco o lançamento do livro O Pays do Pitanguy de autoria do escritor Raimundo da Silva Rabello. Nascido em Leandro Ferreira o autor presenteia os 300 anos da cidade com uma obra que aborda a história de Pitangui, Conceição do Pará e Leandro Ferreira. O livro preenche um vazio de quase meio século no qual Pitangui ficou sem um estudo tão profundo e abrangente de sua história. O livro conta com ilustrações de José Raimundo Machado, irmão de Raimundo Rabello.

Raimundo Rabello comentando sua obra durante lançamento - Foto: Vandeir Santos

     O evento contou com expressiva participação da população pitanguiense que compareceu para prestigiar o autor que, após breve relato da obra, deu início a uma concorrida sessão de autógrafos. 

Raimundo Rabello autografando sua obra - Foto: Vandeir Santos

     
Raimundo Rabello e Jorge Lasmar - Membro do Instituto
 Histórico e Geográfico de Minas Gerais - Foto: Vandeir Santos

     Os interessados em adquirir a obra poderão entrar em contato direto com o autor através dos e-mails raimundorabello@yahoo.com.br e montereal@nwnet.com.br, telefones (37) 3241 2092, 3241 1083 e 3242 4542; (31) 3517 8368, 3442 3232 e 3342 2364. Em Conceição do Pará e Pitangui falar com José Raimundo Machado: (37) 8808 1271.


     Ainda na sexta-feira, às 20:00 teve lugar na Pousada Monsenhor Vicente o lançamento, em Pitangui, das últimas obras do escritor Deusdedit Ribeiro de Campos: Os Castelo Branco Daqui, Testamento e Inventário de Dona Joaquina do Pompéu e da trilogia Dona Joaquina do Pompéu - Sua história, sua gente. O evento marca o início das atividades da Sociedade Filhos Tricentenários  que desenvolve o projeto "Pitanguy Agora são outros 300" que tem como mentora a advogada Judith Aurora Viegas e que contou com a presença de importantes personalidades de origem pitanguiense que presenciaram uma variedade de manifestações culturais que iam desde o figurino dos colaboradores, relembrando a diversidade cultural do passado de Pitangui, até manifestações teatrais e de dança.


Público presente ao evento na Pousada Monsenhor Vicente - Fotos: Vandeir Santos

     O ponto alto do evento foi a encenação feita por artistas do SATED (Sindicato dos artistas) onde Dona Joaquina do Pompéu e seu filho redigem uma carta ao imperador colocando todos os bens da família e suas próprias vidas a disposição do império para garantir a independência do Brasil.

Artistas do SATED (Sindicato dos artistas) encenando Joaquina e seu filho - Foto: Vandeir Santos

     A noite ainda foi abrilhantada com a arte da dança que teve apresentações de balet infantil e dança árabe.

Apresentação da dança árabe - Foto: Vandeir Santos

     Após as apresentações artísticas o escritor Deusdedit Campos fez um resumo da história de Joaquina e sua relação com a história de Pitangui e como isto é abordado em suas obras.

Deusdedit campos explanando sobre suas obras - Foto: Vandeir Santos

     O evento foi finalizado com o oferecimento aos convidados de uma farta mesa de café composta com várias especialidades da cultura culinária pitanguiense, aguardentes e temperos produzidos em Pitangui. Paralelamente ao evento, ocorreu na parte interna da pousada uma mostra literária onde diversos escritores do centro-oeste mineiro puderam expor suas obras  aos convidados.

Vandeir Santos









Um comentário:

  1. Parabéns pela cobertura, Vandeir! É bom saber e presenciar que a produção literária, a pesquisa e o resgate histórico, e as atitudes culturais estão em alta em Pitangui! Que esta constância permaneça durante e depois dos 300 anos!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.