Seguidores

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

"Dia do Professor": é preciso resistir e denunciar a precarização do trabalho docente.

Acervo E. E. Francisca Botelho

Hoje comemora-se o "Dia do Professor" e o blog "Daqui de Pitangui não poderia deixar esta data passar em branco. Nesta postagem parabenizamos os Professores e Professoras, mas, também, lembramos que essa data deve ser também de luta e conscientização da classe, pois, como bem disse o presidenciável Eduardo Jorge (PV), no último debate do primeiro turno, a profissão de Professor é a menos valorizada - e remunerada -  de todas as profissões que exigem curso superior. 
Não podemos ignorar e nem deixar os governantes esconderem a precarização do trabalho docente, como vem acontecendo no estado de Minas Gerais, onde o atual partido, que ocupa o Palácio da Liberdade, propaga para o Brasil inteiro que a educação pública, em nível fundamental é a melhor do Brasil. Não é preciso ir longe para desconstruir este discurso demagógico, basta visitar a Escola Estadual Gustavo Capanema, em Pitangui. Lá, por falta de espaço físico, a direção teve que abrigar uma turma do ensino médio no porão de uma Igreja, ao lado da escola, E mais, a biblioteca da referida escola também está instalada neste mesmo porão. Pasmem: a biblioteca fica fora da escola. Como os alunos poderão utilizá-la, já que, além de estar fora da escola, o espaço é utilizado como sala de aula? 
Enquanto classe trabalhadora precisamos nos articular e lutar por nossos direitos.  O sindicato dos professores da rede pública estadual se mantém calado diante da farsa da LC 100. Será o peleguismo se manifestando? E os professores que foram aprovados em concurso, mas não foram empossados em seus cargos devido à LC 100? Essa é a melhor educação pública do Brasil.


-----------------------------------------------

Mas, afinal, como surgiu esta data? O texto abaixo trás alguns esclarecimentos a este respeito.

No Brasil, o Dia do Professor é comemorado em 15 de outubro.
No dia 15 de outubro de 1827, Pedro I, Imperador do Brasil baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, "todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras". Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A ideia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.
Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia efetivamente dedicado ao professor.
Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como "Caetaninho". O longo período letivo do segundo semestre ia de 1 de junho a 15 de dezembro, com apenas dez dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a ideia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.
O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal,Piracicaba, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. A sugestão foi aceita e a comemoração teve presença maciça - inclusive dos pais. O discurso do professor Becker, além de ratificar a ideia de se manter na data um encontro anual, ficou famoso pela frase " Professor é profissão. Educador é missão". Com a participação dos professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a ideia estava lançada.
A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".

Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_do_professor#Brasil, acessado em 14/agosto/2014.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.