Seguidores

domingo, 8 de fevereiro de 2015

O Cinema de pé

A Praça Gov. Benedito Valadares.
 
Esta rara imagem foi "garimpada" pelo Vandeir Santos no acervo do Sr. Paulo Carvalho ex-Prefeito de Pitangui. Além da data (novembro de 1982) gravada no canto inferior esquerdo, duas coisas me chamaram a atenção nesta imagem: a aparente reforma do casarão da esquina que - entre as suas várias funções - abrigou o museu de Arte Sacra de Pitangui e o Arquivo Judiciário sob a tutela do Instituto Histórico de Pitangui (cujo acervo está em fase de restauro); e o prédio do saudoso Cine Pitangui que ainda está na lembrança de muitos pitanguienses.

11 comentários:

  1. Oi Léo quanta saudade deste lugar naquela época. A praça era chamada de Jardim. Iamos passear no jardim e paquerar, papear e observar. Valia tudo. Antes de entrarmos no cinema este passeio era obrigatório. Parecia que a cidade estava toda ali passeando, com todos muito elegantes, como se dizia " com roupa de ir a missa".
    Eu também tenho outras lembranças, pois ajudava o meu tio Dirceu na bilheteria, onde a minha Tia Latife me ensinava a cobrar os ingressos. Eu ainda era menor e achava tudo aquilo o máximo. Uma experiência inesquecível, ainda mais ao lado da minha saudosa Tia Latife.
    Nessa época, 1982 eu já havia rodado grande parte deste mundo de Deus e retornava do Iraque, para me casar.
    É bom lembrar também que o Município de Pitangui e a Prefeitura de Pitangui, foram abrigados pelo mesmo prédio do antigo museu. O jornal funcionava na lateral do edifício, e ficava bem ao lado da casa do Calixto.
    Apreciar um registro histórico, é tudo de bom mesmo!
    Abraços.
    José Carlos

    ResponderExcluir
  2. Esse nobre casarão
    foi também Prefeitura
    como recorda o Carlão
    cinema é que era aventura...

    Paulo Miranda

    ResponderExcluir
  3. Olá Zé Carlos. é muito bom ver a interação blog/leitores. Ou seja, as suas lembranças dissertadas no comentário acima complementam a postagem dando vida e movimento à imagem. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. É isso aí Paulo M., salve a nossa história, salve!

    ResponderExcluir
  5. Em breve, um pouco da história desse cinema estará disponível em livro, que estou escrevendo.

    ResponderExcluir
  6. Estamos aguardando Licínio...... José Carlos. Abraços a todos vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Carlos, o seu comentário nesta postagem é um belo depoimento, que peço-lhe permissão para também citá-lo no livro. Creio que até junho o livro esteja pronto. Comunico-lhe. Abraço.

      Excluir
    2. Livro ? Vai escrever livro ? Aventuras de um ex viado ?

      Excluir
    3. Ôh anônimo, espalha não...a gente dá o que é nosso...
      Beijo na bunda, colega.

      Excluir
    4. Oi Licinio
      Conforme a sua soliitação fica autorizada a citação do que fiz para o seu trabalho de pesquisa.J.Carlos

      Excluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.