Seguidores

sábado, 7 de março de 2015

Seminário da Tradição Histórica, Judiciária e Cultural de Pitangui

A Presidente da Comissão das tradições para os 300 anos de Pitangui, Judith Aurora Gonçalves Viegas, em apoio a Prefeitura Municipal de Pitangui nas comemorações oficiais do tricentenário, promoverá nos dias 20 a 22 de março de 2015 o Seminário da Tradição Histórica, Judiciária e Cultural de Pitangui 300 anos e 159 anos da morte do Padre Belchior Pinheiro de Oliveira.

A abertura está marcada para as 20:00 do dia 20/03 no salão do CDL, onde pesquisadores e historiadores de renome na literatura histórica de Minas Gerais falarão sobre a importância do Instituto Histórico de Pitangui, do Arquivo Judiciário e também do seu patrimônio material e imaterial. O Secretário de Estado da Cultura Ângelo Oswaldo, que possui amplo conhecimento sobre a Sétima Vila, falará sobre a "Importância da  Vila de  Nossa Sra.  da Piedade do Pitangui na Província, Colônia e no Ciclo do Ouro e o valor de seus documentos do século XVIII e após." O Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, Dr. Wagner Colombaroli informará sobre "Riqueza em patrimônio material e imaterial existente no Instituto Histórico de Pitangui para pesquisadores e escritores." Os escritores Deusdedit Campos, Tarcisio José Martins e Raimundo da Silva Rabelo, que pesquisaram o acervo do IHP por longos anos para escreverem suas obras, informarão quão valiosa foi a fonte encontrada em Pitangui para que seus livros fossem escritos. Foram convidados ainda para o evento representantes do IHP/Arquivo judiciário, Observatório de Diversidade Cultural, Ordem dos Advogados do Brasil seção MG e 84ª subseção da OAB/MG, Conselho Estadual de Cultura, Prefeito e Secretário de Cultura. O seminário contará ainda com a participação de Carl Schumacher (ator, dramaturgo e diretor de teatro), Magdalena Rodrigues (Presidente do Sindicato dos Artistas/MG, artista, atriz e diretora) e de Wendel Mesquita (vereador de BH, professor e ator).
Estão previstas as seguintes falas:

1º - Ângelo Oswaldo - Secretário de Estado de Cultura
2º - Aníbal Macedo - Conselho Estadual de Cultura
3º - Dr. Wagner Colombaroli - Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais.
4º - Os autores Deusdedit Pinto Ribeiro de Campos, Tarcísio Martins e Raimundo Silva Rabelo
5º - Maria José Calderaro Teixeira - Presidente do IHP
6º - Adelan Maria Brandão - Sócia fundadora do IHP

No segundo dia estão previstas palestras de Gestão da Cultura enquanto política pública onde será abordada a geração de renda pela cultura e conhecimento popular através das leis de incentivo, com as seguintes participações:

1º - Conselho Estadual de Cultura - Dr. Aníbal Macedo -  Livro e literatura e importância  da fonte de pesquisa/Sindicato dos Artistas
2º - Observatório da Diversidade Cultural, IHGMG/IHP e mesa OAB/MG - Dr. José de Oliveira Júnior - Gestão pública de cultura, projetos e realizações nas leis de incentivo.
3º - Sindicato dos Artistas - Magdalena Rodrigues - Cultura, tradição e políticas públicas
4º - Apresentação do Livro Gigante da História de Pitangui - A história contada brincando e aprendendo - Sula Kyriaco Mavrudis 
5º - Pitangui contada para crianças e adolescentes. Maria José dos Santos e Judith Viegas

No terceiro dia o encerramento contará com a participação da Turma Pitangui com Arte promovendo flashmobs nas praças das Rosas, Antônio Fiúza (Batucada da Escola de Samba do bairro São Francisco no Coreto dos Nunes), Governador Benedito Valadares (Praça do Jardim), bairros Chapadão e São Francisco.

Está, pois, aberta à tricentenária população pitanguiense a história, o patrimônio judiciário e a participação na cultura popular.

Vandeir Santos





Um comentário:

  1. Quero felicitar Judith
    pela realização anunciada,
    ela sofre de pitanguite,
    da Sétima Vila, essa fada...

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.