Seguidores

terça-feira, 1 de setembro de 2015

A Capela da Penha

Foto: Licínio Filho

Segundo Monsenhor Vicente Soares (1972, p. 137-138), a "Capela de Nossa Senhora da Penha (e de Santo Antônio é um templo edificado pelos bandeirantes paulistas na paragem do Batatal, em 1720, sob a direção do Capitão José Bicudo, sogro do Velho da Taipa, Capitão Rodrigues Velho.

Foto: Licínio Filho

Ainda, segundo Soares (1972), "por ser de Taipa [...] a capela arruinara-se por completo, ao ponto de não mais comportar consertos. Razão foi bastante para a autoridade arquidiocesana de Belo Horizonte ordenar sua demolição e edificação de outra no mesmo local [...]."

Foto: Licínio Filho

"A nova conserva o estilo da velha com predominação do barroco romano. A velha era pobre de valor artístico e só militava em seu favor o brasão de antiguidade, por ser obra dos bandeirantes paulistas. Fôra a terceira na vila, porque a primeira, em solo pitanguiense, foi a de São Gonçalo do Mota e a segunda a Capela de Santa Rita de Cássia, na praça da primeira cadeia da vila." (SOARES, 1972, p. 138)

Foto: Licínio Filho


FONTE:

SOARES, Monsenhor. A História de Pitangui. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1972.

2 comentários:

  1. Quando se fala na ereção/
    dessa capela da Penha/
    exalta-se o coração/
    que de saudade se emprenha...

    ResponderExcluir
  2. Um lugar de paz, de energia boa! Gostei das fotos e das informações históricas professor, bela postagem!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.