Seguidores

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

A arte para o bem da arte!

 Do Latin: A arte para o bem da arte. Foto: Léo Morato
(Imagem esculpida no interior de uma igreja em Óbidos - Portugal)


Neste trabalho de garimpo que está sendo realizado para relembrar os feitos do Pitaculta – Movimento Pitanguiense de Ação Cultural, iniciado no final do ano de 1985, o material encontrado nos traz a oportunidade de fazer reflexões. Nos anúncios publicados no jornal Correio de Pitanguy no início do ano de 1987, o Pitaculta indagou sobre quais as opções culturais de Pitangui à época, ao mesmo tempo em que faz um chamado para um novo “fazer cultural”!

Jornal Correio de Pitanguy. 31/1/1987.

Depois de três décadas, trazendo para os dias atuais, essa também é a proposta do Daqui de Pitangui (desde a sua criação em 2009), pensar a cultura, promover a reflexão e a ação. Reconhecemos que, por iniciativas diversas, houve significativos avanços no trato cultural em Pitangui, muito em função dos 300 anos, mas pouco perto do que a cidade merece e pode oferecer. 


Jornal Correio de Pitanguy. 15/2/1987.

Diante destas questões, em que precisamos evoluir? Os incentivos culturais estão a contento? Os espaços para o “fazer cultural” (teatro, dança, música, literatura/poesia, pintura, artes visuais, manifestações folclóricas, etc. e etc.) são suficientes? O que estamos produzindo culturalmente está alinhado com as tradições (e vocações) da nossa cidade? Esta produção está sendo usado para subsidiar o turismo? A cultura é dinâmica deve estar em constante construção, se reinventando, projetando o futuro, mas sem perder de vista as raízes vistas pelo retrovisor da nossa história.


Leonardo Morato.

2 comentários:

  1. O Pitaculta agitou
    Foi nossa Semana da Arte
    E o Professor se mandou
    E a cultura teve enfarte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elementar, Miranda!

      Naquele bom tempo
      Só propaganda não dava contento
      Os aplausos eram para o fato
      E não para o (des)cabido do boato

      Excluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.