Seguidores

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

O Deputado Federal Newton Júnior não nos ajudou no carnaval de 2015

Durante o levantamento de patrocínios para a Lavagem do Bandeirante 2015 fui atrás do Deputado Federal Newton Cardoso Júnior para que ele nos ajudasse na compra das latas de espuma já que a crise hídrica inviabilizava o uso do caminhão pipa. Em conversa com o assessor Altamir Ferreira ficou acertado que a contribuição seria de R$400,00.

Mediante a promessa comprei na loja 1001 Festas 119 latas de espuma no valor total de 355,81 e mandei confeccionar em uma loja do Mercado Novo os adesivos com o nome do deputado para colagem nas respectivas latas. As camisas também saíram com o nome do Newton Júnior. O deputado compareceu ao evento e na oportunidade reforçou que o repasse só poderia ser viabilizado mediante o fornecimento de uma nota fiscal de publicidade. Dessa forma solicitei ao jornal O Independente que emitisse uma nota e que publicasse a ajuda do deputado no evento. Assim foi feito. Entreguei a nota fiscal e o exemplar do jornal no comitê do deputado em Contagem e no decorrer do ano cobrei por diversas vezes bem como compareci pessoalmente ao comitê sem sucesso algum. Já no segundo semestre me foi solicitado o meu nome, CPF e número da minha conta para que o depósito fosse efetivado. Passado algum tempo e constatando que nenhum dinheiro caiu em minha conta enviei um e-mail dia 18/07/15 para o Sr. Altamir do qual não obtive retorno.

No dia 25 de janeiro desse ano enviei uma mensagem no whatsapp  do Newton Júnior explicando a situação, posteriormente recebi uma ligação do Sr. Altamir informando que o Newton gostaria de ajudar no evento desse ano, então informei a ele que poderia começar me pagando os R$400,00 do ano passado que eu ainda não recebi. O assessor ficou de verificar o que poderia ter ocorrido e não me retornou novamente.

A Lavagem do Bandeirante não tem o objetivo de lucro, nós não ganhamos nada com o evento, se computarmos os nossos deslocamentos (Somente o Licínio mora em Pitangui) o evento nos dá prejuízo e esses R$400,00 saíram do meu bolso, mesmo eu me encontrando em uma situação financeira bem crítica. Para não me estressar com a situação já dei o dinheiro como perdido e infelizmente, mesmo não podendo, morri nesse prejuízo.

Vandeir Santos




6 comentários:

  1. Oi Vandeir. Nenhuma novidade, já que estas solicitações só ficam mesmo nas promessas. Na favela onde eu sou voluntário em Belo Horizonte estas questões não mais são ventiladas em nossos projetos. Trabalhamos com pessoas que trazem consigo o bem pelo bem. Pode acreditar, elas existem.
    Você não vai mais bater na porta errada, vai???????? Lembrando o Chico Buarque..... "são casas simples com cadeiras na calçada. E na fachada escrita em cima que é um lar"..... e é mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Vandeir, o que se esperar de político? Ainda mais se tratando deste sujeito aí. Se as pessoas de Pitangui conhecesse um pouquinho da laia que ele é, jamais teria ganhado qq eleição. Filhinho de papai, arrogante, mal caráter. O problema é que muitas pessoas acreditam "na bondade do pai" e elegem o capeta. Na verdade, passou da hora deste povo acordar, parar com o coronelismo e deixar de eleger laranjas podres. O fato dele não cumprir o que prometeu é típico de político, mas como mal caráter que é faz coisas muito pior. Quem sabe do que estou falando, pode te confirmar. Sujeitinho bosta.

    ResponderExcluir
  3. Em político ter crença
    pode dar em descarrilho
    sem milagre, só "bença",
    tal pai, e onde tá o filho?

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.