Seguidores

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

A nossa "periferia" histórica


Nos temas abordados durante os anos que antecederam a celebração do tricentenário de Pitangui, publicamos uma matéria sobre o cruzeiro no interior da Penha como sendo um exemplar do nosso patrimônio histórico, e que, como local de manifestação de fé do nosso povo, carecia de uma melhoria. Pois bem, as preces foram atendidas e a Prefeitura realizou uma reforma no local, uma iniciativa que sem dúvida valorizou aquele marco cultural.


Dentre as formas de turismo existentes (e ainda muito pouco explorado em Pitangui) é mais comum a visitação em grupos de pessoas, percorrendo o centro histórico e os atrativos mais conhecidos. Mas há também um turismo para fins de pesquisa, para a produção de conhecimento científico, para desvendar lacunas da história. Portanto, visitantes com este perfil, valorizam locais como o acervo do Instituto Histórico de Pitangui, o cruzeiro no interior do bairro da Penha e outros locais desgarrados da área central da cidade e que também são testemunhas importantes dos nossos processos históricos. Portanto, conhecer o passado auxilia na compreensão do presente e aponta rumos para projetar o futuro. 

 Fotos: Leonardo Morato.

2 comentários:

  1. Com os braços estendidos/
    contemplo o velho cruzeiro/
    que sem se arcar aos pedidos/
    diz quedê os brasileiro?

    ResponderExcluir
  2. https://daquidepitangui.blogspot.com.br/2013/08/o-turismo-na-pratica-em-pitangui.html


    ResponderExcluir

Obrigado por comentar nossa postagem. Ah... não se esqueça de se identificar.